Posts in category

COLUNAS


THE CURE – Disintegration (1989)

Read More

MERCENÁRIAS – Cadê as Armas

Read More

LUSTS – Call Of The Void (2018)

Read More

“A vida e sua montanha russa de sentimentos” Até aqui tenho comentado sobre discos que foram uma espécie de pilar na minha formação musical, muitos deles reconhecidamente influentes na vida de muitas outras pessoas e na história da música. Mas nem só de standards era feita minha pequena discografia. Entre eles, lá estavam diversos álbuns …

2 65

Com seu álbum “Gumption”, o projeto Your Friend será a banda de 2016, ou não? Por detrás do nome Your Friend está a vocalista/guitarrista Taryn Miller. Primeiramente lançou em 2014, de forma independente, o autoproduzido EP “Jekyll/Hyde”, que chamou a atenção da Domino Recordings, que resolveu relançá-lo. Um pulo de dois anos e cá está …

0 11

“Avise a todos esperando pelo Super-Homem que eles devem tentar esperar o máximo que puderem” (Waitin’ for a Superman) Quando lançaram ‘The Soft Bulletin’ os americanos do The Flaming Lips já haviam percorrido uma trajetória de oito álbuns de estúdio e mais de quinze anos de carreira. A boa reputação no meio underground e boas …

0 61

“Canções oníricas para embalar momentos diversos” Nos idos de 1989, apesar de muito falados por aqui através da revista Bizz, pouco ou nada chegava até a nós dos escoceses do Cocteau Twins. Uma entrevista e uma matéria publicada pela revista nos tentavam a ir à busca de algo da banda urgentemente. Precisava conhecê-los. Como a …

0 128

“Slanted and Enchanted é um clássico insuperável na discografia do Pavement” Alguns discos se tornam clássicos com o tempo, outros nascem clássicos e o tempo trata de ratificar sua posição. “Slanted and Enchanted”, primeiro álbum dos americanos no Pavement enquandra-se na segunda afirmação. Encontrá-lo, por exemplo, em vigésimo quarto na lista dos cem melhores álbuns …

0 43

“Fina aura melancólica perpassa Technique, o ápice na carreira do New Order” Saber que eram remanescentes do Joy Division e que faziam música com elementos de eletrônica era o suficiente para que tivesse antipatia ao New Order. Não queria saber de sua música, nunca havia escutado mas não gostava. Não poderia jamais gostar de uma …

0 192

“Melancolia juvenil capitaneada pela poesia de Morrissey” Algum conhecido de um conhecido de um colega de sala havia achado perdido num ônibus interestadual quatro discos dos Smiths. Esse colega de sala conseguiu emprestado os discos e gravou em fita K7, na casa de um tio de um outro colega de sala. Infelizmente não pude participar …

0 35

Eli Roth é um diretor, produtor, escritor e ator. Versatilidade não lhe falta. Quentin Tarantino disse em certa ocasião que Roth é uma dos nomes mais promissores para o cinema de terror. Apesar disso, Eli ainda fica devendo como cineasta e, infelizmente, acabou se sobressaindo em algumas produções aonde atuou como ator (como ‘Bastardos Inglórios’ …

0 185

“Incompreendido por estar muito à frente de seu tempo, O Ápice permanece um dos grandes discos do rock BR80” Em uma de minhas idas ao saudoso e já comentado Cabaret Voltaire, loja de discos e ponto de encontro de jovens em busca de algo mais além do que tocava nas rádios FM’s, vislumbrei na parede, …

0 177

Isn’t Anything é um clássico e como tal, apesar das décadas, permanece intocado pelo tempo Minha obsessão por músicas com guitarras barulhentas se iniciou no início dos anos 90 com um punhado de discos que aos poucos foram se assentando na minha pequena mas adorada coleção de vinis: ‘Psychocandy’ (Jesus and Mary Chain), ‘Sister’ (Sonic …

0 62