Posts in tag

Bandas inglesas


CRÍTICA | The Magic Gang – Death of The Party

Leia mais

O experiente Jarvis Cocker e seu performático e extrovertido universo musical

Leia mais

DREAM WIFE | So When You Gonna

Leia mais

The Magic Gang

Em “Death Of The Party”, The Magic Gang prova ser mais que uma versão inglesa do Weezer The Magic Gang é um grupo de Brighton que surgiu em 2015. A maior curiosidade do quarteto é que ele foi formado por membros de outros grupos que se dissiparam como Home School e Echochamp. Os ingleses, que …

Jarv Is, foto da banda

Ao contrário do que muitos pensam, a banda inglesa Pulp não surgiu durante o Britpop. Desde o início da década de 80, tinha lançado alguns álbuns, apenas não era tão reconhecida ainda. Foi na efervescência do Britpop 90’s que ela cristalizou seu nome com discos importantes como His’n’Hers (1992) e, sobretudo, Different Class (1995). Não …

Dream Wife, foto para resenha de So When You Gonna

“Em segundo álbum, Dream Wife aposta em mudanças sonoras sem perder suas características” Em 2018, o álbum homônimo do trio inglês Dream Wife abraçava o espírito Punk em faixas diretas e cheias de energia. Para o segundo disco, Alice Go (guitarra, vocais), Rakel Mjöll (vocais) e Isabella Poppadec (baixo, vocais) sentiram a importância de experimentar, …

Psychic Markers, foto da banda

“Psychic Markers faz da cena eletrônica um lugar para abraçar vários gêneros e tentar alguns experimentos” Psychic Markers é uma banda inglesa que agora chega ao seu terceiro trabalho. Os álbuns anteriores foram Scrapbook .1 (2014) e Hardly Strangers (2018). Apesar de pouco tempo em atividade, o quinteto é bem experiente e inquieto, inclusive com …

Foto da banda The Electric Soft Parade

“Stages é um álbum regular,  aponta novas direções e amadurecimento do grupo em tempos difíceis” The Electric Soft Parade foi uma banda surgida durante a década de 2000 e que teve logo muito reconhecimento entre mídia e público. Caso o leitor nunca tenha ouvido falar desses ingleses, deve ao menos correr atrás do début Holes …

“Cornershop une gêneros, cultura indiana e política, embora não seja tão ousado e preso ao próprio passado” Na década de 90, em meio a grandes nomes do Britpop, surge o Cornershop. Liderada pelo vocalista Tjinder Singh, a banda alcançou seu auge em 1997 com o interessante disco When I Was Born For The 7th Time. …

“Spook The Herd deixa intacta a verve dos ingleses do Lanterns On The Lake em fazer boas composições.” Lanterns On The Lake é uma banda inglesa (Newcastle) que ultrapassa os dez anos de carreira e que chega ao quarto trabalho de estúdio cinco anos após o interessante Beings (2015). O grupo passou por algumas mudanças …

“Digital Technology, uma das grandes surpresas no início de 2020, é irreverente, estilhaçado e está pronto para ser descoberto.” The Chap é um quinteto londrino e que já ultrapassa os dez anos de atividade. Chegando ao sétimo álbum de carreira, os ingleses caem naquela teoria de que lembram muita coisa do cenário musical, mas que …

“No Treasure But Hope e um Tindersticks cada vez mais firme para a década que vai se aproximando.” Foi em 1992 que o Tindersticks surgiu. Logo nos primeiros discos, a banda foi definindo suas características e antes do final da década, podia ser considerada como uma das mais importantes do indie-rock. Os méritos se valem …

“Swimming In Thunderstorms fica num equilíbrio entre canções que trazem os bons tempos da banda e outras que não chegam com tanta inspiração.” Fischer-Z é uma banda inglesa que agora em 2019 completa 40 anos de carreira numa discografia não tão abastada assim apesar do tempo de existência. Não foram tantos discos de estúdio (contando …

“Lust And Learn encanta o ouvinte por meio de uma banda aprendendo a amadurecer.” The Slow Show é uma banda britânica (de Manchester) que teve sua origem por volta de 2010. Entretanto foi em 2015 que lançaram o début White Water atraindo atenção de público e crítica. Os belos arranjos, a música poética para enaltecer …

Foto da banda New Model Army para resenha de From Here

“Sem perder o engajamento políticio/social, From Here tem faixas que encantam e outras nem tanto” Chega um instante que a banda vira um ícone, a voz de uma geração, ganha mais culto do que ojeriza e mesmo quem não a admira prefere ficar em silêncio, não encontrando motivo algum para denegri-la. New Model Army se encaixa …

“Flashback é um típico Fujiya And Miyagi reverenciando ícones antigos e novos da música eletrônica” O Krautrock dos 70’s e o eletrônico indie moderno são as inspirações máximas do quarteto inglês Fujiya And Miyagi. Esse novo e oitavo álbum do grupo, então, deixa transparecer ainda mais essa ideia. Os ingleses sempre fizeram exposição dessa sonoridade desde o début com …

“Apesar da boa influência do Trip-Hop, falta inspiração no novo trabalho dos ingleses da Hælos” ‘Another Universe’, a canção que abre o novo trabalho da banda inglesa Hælos, é uma bela viagem etérea que trafega entre momentos calmos e explosivos: sintetizadores e a voz de Lotti Benardout numa harmonia ímpar; essa canção poderia estar em algum álbum …

“Wheeltappers And Shunters dá continuidade ao mundo estranho e caótico do Clinic.” Clinic, de Liverpool, é o tipo de banda que você pode gostar, se aventurar e contemplar toda uma discografia ou simplesmente pode deixá-la de lado e sequer indicá-la para algum querido amigo ouvinte. Ou então, você está ouvindo algum disco do grupo em …

“Big Wows não é o melhor álbum do Stealing Sheep, mas também não desacredita o trio” O trio de Liverpool Stealing Sheep é formado por Rebecca Hawley, Emily Lansley e Lucy Mercer. As garotas abraçam a eletrônica e a sonoridade lembra bastante outros conhecidos do cenário musical como Au Revoir Simone, First Aid Kit e Ladytron. …

Foto do duo Sleaford Mods para resenha do álbum "Eton Alive"

“Eton Alive é um recado atual e contundente avisando que rap, hip-hop e punk podem conviver harmoniosamente” Projetos musicais como o Sleaford Mods são difíceis de descrever, mas interessantes de se ouvir. Um pouco por conta de fugir do lugar comum do cenário musical, outra parte pela mistura de gêneros e das várias influências absorvidas. …

“Muita energia e espírito ‘Do It Yourself’ fazem de ‘Rhinoceros’ um álbum de tirar o fòlego” Em entrevista pela internet, Jess, guitarrista e vocalista do Calva Louise, disse que descrevia os estilos de sua banda como: atípico e distorcido, porém doce. Realmente dessa forma se comporta a sonoridade do grupo londrino. Completando o trio temos …

“Banda inglesa ultrapassa os 30 anos de carreira com um novo álbum cheio de vitalidade e com mais canções grudentas” James é uma banda de Manchester com uma longa história. E, ao contrário do que muitos pensam, não se aproveitou apenas do movimento Britpop para fazer disso sua alavanca para o sucesso e permanência. Apesar …

“Quarteto inglês chega ao terceiro trabalho continuando sua sonoridade dançante e divertida” Com seis anos de carreira, o quarteto inglês Django Django chega ao seu terceiro trabalho. Para alguns ouvintes, prova de fogo para muitas bandas. E é geralmente nesta fase que muitos grupos pensam em mudar a sonoridade ou fazer algo mais atípico ou …