Posts in category

COLUNAS


BECCA MANCARI | Indie-Folk expandindo e explorando outros territórios sonoros

Read More

SHOEGAZER ALIVE #15 | Morningwhim, Noah, Nuit, Stomp Talk Modstone & Seventeen Years Old and Berlin Wall

Read More

SHOEGAZER ALIVE #14 | Hum, Mooncult, Teenage Sin Taste, Zoongideewin & Youth

Read More

“MÚSICA PARA UMA VIAGEM INTERIOR” Esse eu tive em vinil e era argentino e estava empenado, conseguido através de mais uma das diversas trocas que fiz na época dos bolachões. Quando lembro de como se iniciou minha “relação” com o DCD, penso que há bandas que corremos atrás e há aquelas que parecem correr atrás …

A sutileza melódica da guitarra de Vini em seu melhor álbum Conheci o Durutti Column através de uma fita K7 gravada de um vinil por um amigo. Foi amor à primeira vista. Os dedilhados sutis e melodiosos de Vini Reilly, a melancolia evidente das canções – adornadas por aquela voz esquálida -, somado ao clima …

A perfeita combinação entre barulho e mel Numa tarde de sábado, a cerca de duas décadas atrás, lá estava eu sozinho em casa ouvindo o ‘Psychocandy’, sentado no chão da sala e sem fones de ouvido. Sim, porque certos discos só era possível ouvir com fones de ouvido, pois incomodavam demais meus pais e irmãos, …

DISCOGRAFIA COMENTADA: BAUHAUS (PARTE 2) Em janeiro de 1981, dois meses após lançar seu primeiro álbum, o Bauhaus assina com o selo Beggars Banquet. Em março desse mesmo ano excursionam pelos EUA. Lançam em abril o primeiro single do álbum vindouro, ‘Kick in the Eye’, com a faixa ‘Satori’ no lado B. Essa versão do …

DISCOGRAFIA COMENTADA: BAUHAUS (PARTE 1) Danel Ash (guitarra), Kevin Haskins e seu irmão, o baixista David J, já se conheciam antes de formarem o Bauhaus, haviam tocado juntos numa banda chamada The Craze. Quando Ash resolveu formar um novo grupo, convidou o ex-colega Peter Murphy para cantar – apenas por causa do seu visual. Mesmo …

“Quando o New Model Army chegou ao ápice” Feira de Santana, a cidade onde moro, nunca primou por coisas interessantes (entendam isso no sentido geral), em se tratando de lojas de discos nem se fala. Mas entre o fim de 80 e início dos 90 surgiram lojas que trouxeram algumas coisas bastante inusitadas. O “Bend …

DISCOGRAFIA COMENTADA: THE POLICE (PARTE 5) O último álbum de estúdio do trio inglês, embora não seja considerado o seu melhor, é o que alcança maior sucesso comercial. É também um álbum cercado de curiosidades: as sessões de gravação do instrumento de cada integrante aconteceu em compartimentos diferentes do estúdio; desbancou “Thriller”, de Michael Jackson, …

DISCOGRAFIA COMENTADA: THE POLICE (PARTE 4) A mudança de “Ghost in the Machine” em relação aos outros álbuns do Police já começa pela capa, preta com três símbolos digitais que representariam cada um dos integrantes da banda. Mas não pára por aí, musicalmente o trio incorpora e preenche sua música com novos instrumentos: metais e …

The Police, Sting, Copeland e Summers em foto de 1980

DISCOGRAFIA COMENTADA: THE POLICE (PARTE 3) – ZENYATTÀ MONDATTA O sucesso obtido após o lançamento de “Regatta De Blanc” levou o trio britânico a fazer uma extensa turnê que incluía países incomuns como Índia, Egito e Tailândia, a influência direta dessas viagens pode ser sentida em “Zenyatta Mondatta”, especialmente na instrumental “Behind My Camel”, que …

DISCOGRAFIA COMENTADA: THE POLICE (PARTE 1 – OUTLANDOS D’AMOUR) Em 1976, após um encontro num clube de jazz, Stuart Copeland (bateria), Gordon Sumner AKA Sting (baixo e voz) e Henry Padovani (guitarra) resolvem formar o The Police. Dois meses após já faziam seu primeiro show. Com essa formação inicial, gravaram em 1977 o single “Fall …