Posts in category

COLUNAS

Espaço reservado para assuntos específicos

93MillionMilesFromTheSun – Why Do We Fall Apart

Leia mais

ESSE EU TIVE EM VINIL | Low Life (New Order, 1985)

Leia mais

SHOEGAZER WORLD: Vicious Blossom | You Breath Inside of Me

Leia mais

Num ano em que as paradas estavam dominadas pelo metal farofa ou pelo pop descartável, 1989 pode parecer um ano bem decepcionante no tocante a lançamento de álbuns, mas olhando de forma mais detalhada, conseguimos encontrar alguns lançamentos interessantes daquele ano. Fizemos nossa listinha de sete álbuns que completam 30 anos, mas, mais uma vez, …

“Da mistura improvável e inédita de elementos musicais brota a música intimista do Portishead em Dummy” Portishead é uma cidade britânica costeira próxima a Bristol com cerca de vinte e cinco mil habitantes. Essas duas palavras juntas na mesma frase (Portishead – Bristol) remete quase sempre à banda de Trip-hop encabeçada por Beth Gibbons, Adrian …

“Muita energia e espírito ‘Do It Yourself’ fazem de ‘Rhinoceros’ um álbum de tirar o fòlego” Em entrevista pela internet, Jess, guitarrista e vocalista do Calva Louise, disse que descrevia os estilos de sua banda como: atípico e distorcido, porém doce. Realmente dessa forma se comporta a sonoridade do grupo londrino. Completando o trio temos …

“Uma ode a tristeza e a melancolia na obra-prima de Robert Smith e seu The Cure” Num espaço de dez anos, do lançamento de Three Imaginary Boys (1979) ao de Disintegration (1989), Robert Smith com o seu The Cure lançou oito álbuns de estúdio (incluído o Disintegration), além de uma coletânea de singles (Japanese Whispers). …

mercenárias-banda

“Cadê as Armas é um verdadeiro ‘chute no olho’ e um dos melhores álbuns do rock brasileiro” Se essa seção seguisse uma ordem cronológica na sequência de aquisição dos meus vinis, “Cadê as Armas” seria o primeiro disco resenhado. Mas os caminhos que trilhamos aqui são “erráticos”, no sentido de não haver uma cronologia, seguindo …

Atom Pop por Alex Assis

Já em 2019 mas ainda com os olhares (ouvidos) voltados para a produção musical nacional de 2018, começamos o ano com o sol fervendo sob nossas cabeças, o país voltando cinquenta anos no tempo, muita gente esperando o Carnaval e a maioria do povo curtindo as férias. Nós estamos aqui, tentando levar a bagaça adiante, …

“Depois de um début bem comentado, segundo disco traz dúvida se a dupla pode seguir adiante com sua discografia” Lusts é mais uma entre inúmeras bandas a emular os 80’s. A banda é formada pelos irmãos Andrew e James Stone. Os dois músicos executam uma sonoridade que passeia pelo Post-punk, Synth-pop e New Wave (esse …

tuyo

Com algum atraso, certa angústia e muita saudade, retornamos com a seção Parabólica da semana, mapeando o país em busca de “novos sons”, alguns já conhecidos de um público maior, caso da paranaense Tuyo, e outros um tanto obscuros, vide o duo Hanging Freud. Entre um e outro, o surpreendente projeto Mannequin Trees. Seguimos o …

“Um filme nada indicado para os fãs famintos de gênero Terror” Os primeiros minutos do filme “Olhos Famintos” (2001) realmente encantam o espectador. Um suspense que prende a atenção e quando a criatura começa a ser revelada, tudo parecia nos levar a um novo tipo de figura icônica de terror que daria certo, como foi …

A seção Parabólica de hoje vem com dois EP’s e um álbum onde a tônica são as distorções guitarrísticas, indo do pós-punk ao dreampop e do noise-rock ao shoegaze. São três bandas relativamente novas que seguem apostando no rock em seu formato tradicional (guitarra, baixo e bateria) e apresentando trabalhos mais que interessantes, necessários. :: …