Posts in tag

Cena eletrônica


CASSIUS – Dreems (Universal Music, 2019)

Read More

AZURE BLUE – Images Of You (Matinée Recordings , 2019)

Read More

FUJIYA AND MIYAGI – Flashback (2019)

Read More

Foto do duo francês Cassius para resenha do álbum "Dreems"

“Dreems passa pelo emotivo e dançante abrangendo releitura do Cassius de vinte anos atrás” Entre tantas notícias tristes que frequentemente nos bombardeiam, uma passou um quanto que despercebida: a morte de Phillipe Zdar Cerboneschi no dia 20 de junho desse ano. Zdar era a metade do cérebro responsável pela dupla eletrônica francesa Cassius. Cassius vem de …

0 44

“A incansável emulação dos 80’s no caminho seguro de Images Of  You” Azure Blue, projeto do músico sueco Tobias Isaksson, já tem um bom tempo de estrada. Foi desde 2011 que Rule Of Thirds chamou a atenção de muitos ouvintes. Com Beyond The Dreams There’s Infinite Doubt (2013), o artista manteve o padrão e concretizou …

0 69

“Flashback é um típico Fujiya And Miyagi reverenciando ícones antigos e novos da música eletrônica” O Krautrock dos 70’s e o eletrônico indie moderno são as inspirações máximas do quarteto inglês Fujiya And Miyagi. Esse novo e oitavo álbum do grupo, então, deixa transparecer ainda mais essa ideia. Os ingleses sempre fizeram exposição dessa sonoridade desde o début com …

0 43

“Apesar da boa influência do Trip-Hop, falta inspiração no novo trabalho dos ingleses da Hælos” ‘Another Universe’, a canção que abre o novo trabalho da banda inglesa Hælos, é uma bela viagem etérea que trafega entre momentos calmos e explosivos: sintetizadores e a voz de Lotti Benardout numa harmonia ímpar; essa canção poderia estar em algum álbum …

2 36

“Peça por peça, Flamagra é um quebra-cabeça que abre várias opções de ser montado e também de ser contemplado” Por vezes a estratégia do músico é rearranjar a música. Experimentar o máximo que conseguir. Compor novas camadas e texturas. Se possível, até desestruturar a arte para, em seguida, reorganizá-las em fragmentos, juntando os estilhaços em …

0 67

“Colours. Reflect. Time. Loss é mais um acervo de esculturas musicais do Maps.” Sem muito estardalhaço no cenário musical, sem muito burburinho nas redes sociais, o inglês James Chapman, mentor do Maps, segue trilhando seu caminho desde 2006. Para alguns artistas que já trabalharam com ele, o músico ficou conhecido como um escultor sonoro. Não …

0 42

“Big Wows não é o melhor álbum do Stealing Sheep, mas também não desacredita o trio” O trio de Liverpool Stealing Sheep é formado por Rebecca Hawley, Emily Lansley e Lucy Mercer. As garotas abraçam a eletrônica e a sonoridade lembra bastante outros conhecidos do cenário musical como Au Revoir Simone, First Aid Kit e Ladytron. …

0 73

“No Geography é o The Chemical Brothers juntando o passado e o futuro da música eletrônica numa relação coesa e prazerosa.” The Chemical Brothers cai naquele ciclo infindável que a música, por sorte, criou. Influenciado por muitos artistas/grupos, também deixou sua influência para toda uma geração de novos nomes da música eletrônica. Aprendizes e agora …

2 141

“Dreaming The Dark se desvia um tanto da sonoridade típica que consagrou o Tamaryn” Chegando ao quarto disco, o Tamaryn vai quase completando seus 10 anos de carreira. O nome do projeto pega emprestado o nome da vocalista, que é neozelandesa, porém radicada nos EUA. Junto dela, temos seu parceiro de criação musical, Rex John …

0 70

“Doko Mien é para quem curte música exótica, sem fronteiras e com várias influências” A força do Ibibio Sound Machine está não apenas no instrumental amplo e dinâmico, mas também na energia da vocalista Eno Williams (cantora nascida em Londres, com pais nigerianos). A sonoridade convida o ouvinte que não tem rancor para a fusão …

0 32