4AD comemora 40 anos com coletânea de covers “Bills & Aches & Blues”



Fundada em 1980 por Ivo Watts-Russell e Peter Kent, a 4AD surgiu como um selo da Beggars Banquet Records. Na década de 80 a gravadora se notabilizou por abrigar em seu cast um seleto grupo de artistas e bandas da cena Pós-Punk inglesa, que incluía nomes como Bauhaus, Dead Can Dance, The Birthday Party, Dif Juz, Cocteau Twins, Modern English, Clan of Xymox e o projeto This Mortal Coil, além de muitos outros. Nos anos seguintes, a gravadora ampliou seu leque, passando a contar também com nomes como Lush, Pale Saints, e, um dos nomes mais importantes, os Pixies.

Com a coletânea “Bills & Aches & Blues” a gravadora comemora suas quatro décadas de existência, ao tempo que presta homenagem a vários artistas e bandas tanto fora de atividade quanto na ativa. Assim, bandas ainda na ativa fazem versões de outras bandas do selo (TRACKLIST AO FINAL).

O lançamento digital acontecerá no dia 02 de abril, enquanto as versões físicas em CD e vinil serão lançadas no dia 23 de julho. Todo o valor das vendas durante os doze primeiros meses do lançamento será revertido para o The Harmony Project, um programa pós-escolar com sede em Los Angeles para crianças de comunidades e escolas que não têm acesso igualitário ao estudo de artes ou música.

Até o lançamento oficial do álbum, a gravadora pretende lançar semanalmente nas plataformas digitais algumas músicas, numa espécie de EP. O primeiro saiu hoje e tem versões de Tkay Maidza, US Girls, Aldous Harding, The Breeders e Maria Somerville para Pixies, The Birthday Party, Deerhunter, His Name Is Alive e Air Miami, respectivamente.

TAMBÉM PODE INTERESSAR:

SARAH RECORDS | Mais que um selo independente, um conceito, uma ideologia


TRACKLIST E CAPA DA COLETÂNEA:

Bills & Aches & Blues Compilation small cover

01. Tkay Maidza – ‘Where Is My Mind?’ (Pixies)
02. U.S. Girls – ‘Junkyard’ (The Birthday Party)
03. Aldous Harding – ‘Revival’ (Deerhunter)
04. The Breeders – ‘The Dirt Eaters’ (His Name Is Alive)
05. Maria Somerville- ‘Seabird’ (Air Miami)
06. Tune-Yards – ‘Cannonball’ (The Breeders)
07. Spencer. – ‘Genesis’ (Grimes)
08. Helado Negro – ‘Futurism’ (Deerhunter)
09. Efterklang – ‘Postal’ (Piano Magic)
10. Bing and Ruth – ‘Gigantic’ (Pixies)
11. Future Islands – ‘The Moon Is Blue’ (Colourbox)
12. Jenny Hval – ‘Sunbathing’ (Lush)
13. Dry Cleaning – ‘Oblivion’ (Grimes)
14. Bradford Cox – ‘Mountain Battles’ (The Breeders)
15. SOHN – ‘Song To The Siren’ (Tim Buckley)
16. Becky and The Birds – ‘The Wolves Act I and II’ (Bon Iver)
17. Ex:Re – ‘Misery Is a Butterfly’ (Blonde Redhead)
18. Big Thief – ‘Off You’ (The Breeders)


 

Anteriores Justin Sullivan, do New Model Army, anuncia 'Surrounded'
Próximo ESPECIAL | McCarthy, o discurso politizado do Jangle-Pop

2 COMENTÁRIOS

  1. Avatar
    Ângelo
    11/03/2021

    Proposta muito bacana!

  2. Avatar
    12/03/2021

    Sim, bem interessante mesmo. Só senti falta de Cocteau Twins, Bauhaus e Dead Can Dance entre os homenageados.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *