Posts in tag

álbuns de 2019


LOW ROAR – ross. (2019)

Read More

THE VEGAN LEATHER – Poor Girls/Broken Boys (2019)

Read More

FENELLA – Fehérlófia (2019)

Read More

“Low Roar e sua música com texturas e camadas estruturadas que ruge para vários gêneros.” Imagine a cena: o famoso designer de jogos Hideo Kojima numa loja de discos em Reikjavik se sente atraído por uma banda chamada Low Roar e seu disco homônimo de 2011. Com o tempo, Kojima passa a curtir não apenas …

3

“A energia e o clima dançante de Poor Girls/Broken Boys da banda escocesa The Vegan Leather”. A escocesa The Vegan Leather é mais uma banda que chega com début em 2019. O quarteto é formado por Gianluca Bernacchi (vocais, guitarra e sintetizador), Marie Collins (vocais e guitarra), Matt McGoldrick (baixo) e Duncan Carswell (bateria). A …

9

“Fenella cria um disco interessante acima da média e com inspiração em trilha sonora.” Jane Louise Weaver é uma cantora, compositora, guitarrista e produtora inglesa. Foi integrante do grupo de britpop Kill Laura (que terminou em 1997) e também do Misty Dixon, banda que executava o gênero folktrônica e que terminou em 2004. A cantora …

12

“Papisa é um trabalho que dialoga com a espiritualidade do ouvinte dentro de um dream-pop coeso.” O mundo da música vai lançando suas pessoas inquietas. A cantora, produtora e compositora paulistana Rita Oliva é uma delas. A artista já fez parte de bandas como Cabana Café e Parati, a partir de 2016 começou a trabalhar …

27

“Os belgas do Portland chegam com seu début dando importância a alternância entre vocais femininos e masculinos.” Os belgas Jente Pironet e Sarah Pepels se conheceram nos tempos de escola. Os dois adicionaram Gill Princen (eletrônica) e Amo de Bock (bateria,percussão), formando logo o Portland. Em 2016, participaram do famoso concurso Humo’s Rock Rally que …

25

“Pompeya e sua sonoridade dançante com muitas lembranças da música do passado.” Pompeya é um grupo de Moscou que, assim como o Motorama, surgiu depois de 2000 e deixou a música da Rússia em evidência nessas duas décadas. O début Tropical (2011) teve tamanha repercussão que chegou a ter uma edição para os Estados Unidos …

18

“Carla Dal Forno tem méritos para receber atenção ao criar um disco pautado no eletrônico e pop com melodias convincentes.” Pode não parecer um nome tão conhecido no cenário musical, mas a australiana Carla Dal Forno está em atividade desde 2010. Fez parte de bandas também não lá tão conhecidas como F ingers (sim, o …

30

“All Mirrors é onde todo o talento de Angel Olsen e sua carreira em ascensão estão refletidos.” Em 2011, com o lançamento de Half Way Home, a cantora americana Angel Olsen passou a ser um dos nomes mais promissores dessa década. O fato foi sendo comprovado com outros discos igualmente interessantes: Burn Your Fire For …

19

“Efterklang assume cada vez mais seu casamento com o clássico/orquestrado em Altid Sammen.” Quando se fala do cenário musical da Dinamarca na atualidade, Efterklang é sempre um dos nomes mais lembrados. Não é por menos. O grupo participa de vários projetos sociais como o Efterkids que conta com crianças aprendizes de música em escolas públicas …

22

“Com letras que falam da vida em geral, Long Beard é um projeto que ainda pode crescer muito sobretudo pela voz cândida de Leslie Bear.” Long Beard é o projeto musical da cantora e compositora americana Leslie Bear. Em cenários intimistas e bem delicados, Leslie parte do folk e até mesmo do dream-pop para falar …

16