GUIDI VIEIRA | Poesia na ponta da língua


Foto Guidi Vieira

Guidi Vieira começou cantando na banda de Rock Pic-Nic onde também era compositora e guitarrista. Atuou em diversas peças de teatro e participou da gravação de álbuns de alguns artistas da cena independente. Em 2014, resolveu lançar seu primeiro trabalho solo, Temperos. Guidi, que começou no rock, sentiu cada vez mais uma paixão pela MPB e deixa isso bem transparente no seu segundo álbum que chega agora em 2020, Outra Língua. Claro que a cantora não esquece suas raízes e segue por uma sonoridade que flerta tanto com o Rock como a MPB (e ainda tem a guinada para o Folk, presente na bela “Portobello Road”. O que ressalta nas composições de da artista é mesmo sua voz e sua verve poética.

Sobre um instrumental que valoriza o dedilhado de guitarras, algumas discretas programações e uma percussão bem tímida (tudo a cargo do produtor Pedro Costa), a compositora desfia suas poesias que chegam de diversas formas: metáforas, sinestesias, antíteses. Letras aqui ganham prioridade e podem passar inúmeros sentimentos e interpretações apesar de muitas retratarem os conflitos e alegrias dos relacionamentos amorosos. No clima mais próximo do etéreo de “Outra Língua”, ela canta: “É tanto sol dando sopa / Grão de areia, vento, gota / E por aqui só chega o eco / Do mar que molha o dia seco'” Pegando reminiscências da Bossanova e tomada de cinismo, em “Quero Ser Blasé” ela provoca: ‘”u não quero ser colérico / Não posso ser dramático / Quero parecer de plástico / Não posso ser espontâneo / Não devo me alegrar / Mamãe, vem me ajudar”.

Guidi Vieira soma sua experiência musical da antiga banda junto ao novato flerte com a MPB e faz sua poesia trabalhar para se constituir numa das cantoras nacionais mais promissoras dessa década. Ou não?

::: GUIDI VIEIRA NAS REDE: Facebook | Tratore Records | Soundcloud | Spotify | Instagram :::


LEIA TAMBÉM:

RESENHA: PAPISA | Fenda
RESENHA: ELZA SOARES – Planeta Fome


:: Ouça o álbum “Outra Língua”:


:: Assista ao videoclipe de “Outra Língua”:

Anteriores ANNE WITH AN E | 2017-2019
Próximo PARABÓLICA #10 | Winter, Comida de Foquete, Macaco Bong, Los Volks & YMA

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *