SEA PINKS – Rockpool Blue (2018)


“Irlandeses em mares confiantes de guitarras dedilhadas”

“Watercourse” (2017), o trabalho anterior dos irlandeses do Sea Pinks, indicava um grupo destinado a seguir em frente. Um ano depois, “Rockpool Blue” não foge à regra. Apesar de um disco curto (28 minutos), mais um compêndio de boas faixas que fisgam o ouvinte do início ao fim. O que mudou no grupo para esse álbum foi a saída do baixista Steven Henry. Para a gravação, inclusive, o guitarrista e vocalista Neil Brogan precisou tocar o baixo em algumas ocasiões. Brogan disse que Henry saiu por motivos particulares e ambos continuam amigos. Isso não mudou a sonoridade do grupo, de forma alguma. Canções ensolaradas, refrões grudentos, a guitarra ora maciça ora com dedilhados impecáveis (Brogan faz bonito com sua Fender Mustang 1966), baixo e bateria cumprindo seu papel e também peças importantes nas melodias. A sonoridade continua trazendo a energia do espírito punk ligada a grandes ícones do pop-rock que figuraram no final doa anos 70’s e durante os anos 80’s. Tudo soa como se colocássemos num caldeirão só: Television, XTC, Wire, Go-Betweens, The Smiths, Another Sunny Day. A reciclagem de várias bandas funciona e faixas como ‘Dumb Angel’ com um refrão matador e ‘Versions Of You’ com um homérico solo de guitarra provam que o Sea Pinks continua num caminho adiante e pronto para mais trabalhos.

:: NOTA: 7,0

:: FAIXAS:
01. Watermelon Sugar (Alcohol)
02. Rockpool Blue
03. Bioluminescence
04. Dumb Angel
05. Grown Up Kids
06. A Man In My Condition
07. Versions Of You
08. The Apple
::
::
::
::

:: Mais informações:
Bandcamp
Entrevista com a banda
Facebook
Twitter
Tumblr

:: Ouça abaixo‘Watermelon Sugar (Alcohol)’:

Previous ANIMAIS FANTÁSTICOS: OS CRIMES DE GRINDELWALD (Fantastic Beasts: The Crimes of Grindelwald, 2018)
Next IORIGUN :: Banda lança o EP "Skin": Ouça Aqui

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *