Suede anuncia ‘Autofiction’; tudo sobre o novo álbum


Suede_Autofiction_press_photo_Dean_Chalkley
Foto | Dean Chalkley

Fechada a trilogia iniciada com Bloodsports (2013), álbum que marcou o retorno do Suede após um hiato discográfico de quase 11 anos, e que se encerrou em 2018 com The Blue Hour (2018), a banda do vocalista Brett Anderson está de volta em 2022. Autofiction é o nome do novo álbum do grupo.

Junto com o anúncio do novo trabalho, veio também a apresentação de “She Still Leads Me” (OUÇA AO FINAL), faixa que abre o ciclo para o novo disco e que mostra a banda numa pegada cheia de vibração e totalmente diferente daquele lado mais sisudo que esteve muito presente nos dois últimos discos da banda. A letra é sobre a mãe do vocalista e todas as letras do disco estão ligadas pelas autobiografias de Anderson, Coal Black Mornings (2018) e Afternoons with the Blinds Drawn (2019).

O novo álbum, o nono na carreira do grupo, terá onze faixas. Marca o retorno Ed Buller, parceiro de longa data do grupo e que não participou dos trabalhos em The Blue Hour. O disco foi gravado no Konk Studios, ao norte de Londres.

Em comunicado à imprensa, Anderson comentou: “É o nosso disco punk. Nada de apitos e sinos. Apenas nós cinco em uma sala com todas as falhas e merdas reveladas; a própria banda exposta em toda a sua bagunça primitiva”. Já o baixista Matt Osman comentou sobre o processo de criação do álbum: “Quando estávamos ensaiando e escrevendo este disco, foi uma pura corrida física. Aquela coisa em que você está se agarrando para salvar a vida”.

+++ Leia a crítica de ‘The Blue Hour’, do Suede

O Suede já havia causado certo alvoroço nos fãs na semana passada quando atualizaram suas redes sociais. Em sua página no Facebook, por exemplo, eles haviam colocado um template todo preto, gerando várias especulações, que chegam, enfim, ao fim.

Autofiction será lançado no dia 16 de setembro pela BMG.


Capa de Autofiction, do Suede

TRACKLIST:

01. She Still Leads Me On
02. Personality Disorder
03. 15 Again
04. The Only Way I Can Love You
05. That Boy on the Stage
06. Drive Myself Home
07. Black Ice
08. Shadow Self
09. It’s Always the Quiet Ones
10. What am I Without You?
11. Turn off Your Brain and Yell

 

 


Anteriores Jair Naves disponibiliza 'Ofuscante a Beleza que Eu Vejo'; Ouça
Próximo Just Mustard, dirigindo por um túnel com as janelas abertas

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *