DEAD HORSE ONE – The West Is The Best (2019)


Foto da banda Dead Horse One, para resenha do álbum The West is the Best

“Dead Horse One chega ao terceiro disco executando sobretudo a cartilha Shoegaze dos 90’s”

O Dead Horse One chega ao terceiro álbum na carreira com um grande retrospecto, apesar do pouco tempo de existência. O primeiro disco dos franceses, Without Love We Perish (2014), foi produzido por Mark Gardener do Ride que ficou muito interessado ao ouvir um material enviado pelo próprio grupo. Os anos seguintes foram de shows pela Europa junto a grandes nomes como Brian Jonestown Massacre e The Telescopes. A banda ficou logo reconhecida no cenário com um som que explode para gêneros como shoegaze, dream-pop e psych-rock. The West Is The Best ganha força em sua produção que agora conta não apenas com Mark, mas também com John Loring (Fleeting Joys). O vocalista Olivier Debard diz que o terceiro disco presta uma homenagem a todas as canções de amor inspiradas em bandas importantes dos 90’s. Exatamente isso que se pode conferir durante as nove faixas. Ride, Swervedriver, Catherine Wheel e Slowdive serão lembranças constantes na mente do ouvinte. Destaque para o clima etéreo guiando a melodia grudenta de “The Shrine”, a pegada suave bem típica do dream-pop de “Gaze”, resquícios da era grunge estilhaçados em “Olifnt” e o solo grandioso de guitarra no fechamento do álbum com “My Pain”.

NOTA: 7,2


NOTA DOS REDATORES:
Eduardo Juliano:
Isaac Lima:
Luciano Ferreira:

MÉDIA: 7,2


::LEIA TAMBÉM:
SUNGAZE – LIGHT IN ALL OF IT (2019)
RIDE – THIS IS NOT A SAFE PLACE (2019)


::FAIXAS:
01. Echo Street
02. Saudade
03. Falling
04. Lust
05. The Shrine
06. Olifnt
07. Gaze
08. Swallow
09. My Pain

 


:: Mais Informações: Bandcamp/Facebook


:: Ouça “Falling”:

Anteriores RESIDENT EVIL 2 (2019)
Próximo COLDPLAY - Everyday Life (2019)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *