SEABLITE – Grass Stains and Novocaine (Emotional Response Records, 2019)


Foto para resenha do álbum "Grass Stains And Novocaine", da banda Seablite

“Grass Stains And Novocaine é direto, curto e com várias influências musicais”

Muita energia, influências variadas que passam pelas guitar bands dos 80’s e chegam até o garage rock, guitarra-baixo-bateria incisivos e diretos, canções curtas e diretas com o intuito de nocautear o ouvinte. Essas são as características básicas e que surgem nos primeiros minutos de Grass Stains & Novocaine, début do quarteto Seablite, oriundo de San Francisco. Disco totalmente conduzido por vozes femininas, tanto que os vocais são divididos entre a guitarrista Lauren Matsui e a baixista Galine Tumasyan, porém as duas vozes parecem únicas e nem percebemos a diferença (“Pillbox” por exemplo). O instrumental não perde o fôlego, a guitarra é bem presente e pode chegar num dedilhado à la The Smiths (“Time Is Weird”) ou então vem mais pesada relembrando o melhor da escola punk (“I Talked To Frogs”). O shoegaze parece ter sido outra inspiração do grupo, e “Lollipop Crus” representa bem essa ideia. Em apenas trinta e dois minutos, Grass Stains & Novocaine é um álbum indicado para quem gosta da música ágil, sem nenhum espaço para a melancolia.

:: NOTA: 6,5


NOTA DOS REDATORES:
Eduardo Juliano:
Isaac Lima:
Luciano Ferreira:

MÉDIA: 6,5


:: LEIA TAMBÉM:
MERCENÁRIAS – CADÊ AS ARMAS
DREAM WIFE, ENTRE O PUNK/PÓS-PUNK


::FAIXAS:
01. Won’t You
02. Pillbox
03. Lollipop Crus
04. Time Is Weird
05. Heart Mountain
06. (Hes’ a) Vacuum Chamber
07. There Were Only Shadows
08. Haggard
09. House Of Papercuts
10. Polygraph
11. I Talk To Frogs


:: Mais Informações: Bandcamp/Facebook


::Assista ao vídeo de ‘’There Were Only Shadows”:

Anteriores GRAVEYARD CLUB – Goodnight Paradise (2019)
Próximo BLEACHED – Don’t You Think You’ve Had Enough (Dead Oceans, 2019)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado.