Em Death Of The Party, The Magic Gang prova ser mais que uma versão inglesa do Weezer


The Magic Gang

The Magic Gang é um grupo de Brighton que surgiu em 2015. A maior curiosidade do quarteto é que ele foi formado por membros de outros grupos que se dissiparam como Home School e Echochamp. Os ingleses, que já contam com um début homônimo, chegam agora ao segundo álbum intitulado Death Of The Party.

Jack Kaye (vocais, guitarra), Kristian Smith (vocais, guitarra), Angus Taylor (baixo) e Paeris Giles (bateria) disseram várias vezes que a maior influência deles é o Weezer. Tomando como exemplo as faixas “Fall Better” e “What Have You Got To Lose” que são centradas num Indie-Rock de guitarras fortes e refrões grudentos, podemos pensar logo na banda americana liderada por Rivers Cuomo.

Com outros trunfos, o The Magic Gang mostra que tem muito mais que a influência do Weezer em sua veia. Dessa forma, tenta abraçar outras características e trazer variantes na sonoridade que vão criando mais identidade ao grupo.

“Take Back The Track” possui uma pegada Dance-Rock; “I Am Sunshine” abre com um piano irradiando para uma composição de apelo 60’s, seguindo um viés a la Beatles; e “Gonna Bounce Back” traz muito do Rock 70’s, com vocais mais enérgicos.

Embora o instrumental ainda seja bem determinado pela formação baixo-guitarra-bateria, o grupo arrisca outros panoramas sonoros abrindo espaço para instrumentos variados. “Make A Sound” entrega um Pop-Rock com clima bem orquestrado com direito a violinos, enquanto a efusiva “Think” se inebria de um caos sonoro que se funde com guitarras e sopros.

DESTAQUES: “Think”, “What Have You Got To Lose”, “I Am Sunshine”


TAMBÉM PODE INTERESSAR:

THE ELECTRIC SOFT PARADE | Stages
WEEZER – Black Album (2019)


O ÁLBUM:


O VIDEOCLIPE DE “TAKE BACK THE TRACK”:

Anteriores ‘Carnival Row’ é uma superprodução ambiciosa, confusa e muito intrigante
Próximo THE FLAMING LIPS - American Head: Musicalmente acessível e liricamente doloroso

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *