PARABÓLICA #9 | A Ver Navios, Bordines, Gimu, Luvbites & Rod Krieger


Foto para coluna PArabólia #9

Um pouco de cada coisa na inconstante, assim como a vida de todo ser humano, coluna Parabólica, que nessa semana enfatiza o trabalho de cinco artistas/bandas nacionais que lançaram trabalhos recentes e que são um ótima pedida para esse feriado estranho de terça-feira, Dia de Tiradentes. Há o Post-Rock/Shoegaze do projeto A Ver Navios; o Power-Pop com aceno a música britânica do Bordines; as paisagens difusas na Drone-Music de Gimu; o Pop “divertido” com elementos retrôs do Luvbites e a Psicodelia sessentista de Rod Krieger.


A VER NAVIOS [A Calma de Esquecer Absolutamente Tudo] – Músicas feitas em casa para suportar a vida, a existência, o afastamento e a passagem cruel do tempo, assim se define o projeto encabeçado pelo paranaense Cassiano Kruchelski. A Calma de Esquecer Absolutamente Tudo traz em suas vigorosas oito faixas, que transitam entre o Post-Rock e o Shoegaze, instrumentais que se dividem entre  cadencias lentas e melancólicas e explosões de barulho raivosas, com letras cantadas em português e títulos curiosos como: “O Absurdo Insustentável da Existência”.
::: DESTAQUE: Inevitável

| Facebook | Bandcamp | Spotify  | Instagram |


BORDINES  [Outro Plano] – Bordines é um quarteto de Porto Alegre, formado em 2013, e lançou recentemente o consistente álbum Outro Plano. O grupo faz um Power-Pop com influências de Brit-Pop, Indie-Dance e traz também elementos de Psicodelia, com letras que usam sacadas inteligentes e irônicas, lembrando o estilo dos Mutantes. Musicalmente, a banda explora grooves sacolejantes, com uma cozinha pulsante, ao tempo que se conecta com elementos sessentistas e constrói baladas punjantes. Nina Rouge faz participação especial na faixa “Dança”. Participaram em 2018 do tributo ao Autoramas com a versão para “Surtei”.
::: DESTAQUE: Sair do Lugar

| Facebook | Spotify | Twitter | Instagram |


GIMU [Sussurus] – Com uma extensa discografia em sua prolífica carreira musical, Gimu, que recentemente respondeu algumas perguntas para o Urge!, acaba de presentear 2020 com seu mais novo trabalho, marcado por sentimentos da perda de uma ente querida e pelas angústias provocadas pelo isolamento social. São seis canções em que ele segue pelo seu território comum Drone e Ambient-Music. Soa como trilha sonora instrumental melancólica e reflexiva.
::: DESTAQUE:  Lurelain

| Facebook | Bandcamp | Spotify | Soundcloud | Twitter |


LUVBITES [Loud, Fast, Soul] – Faz pouco tempo que o quinteto de Londrina lançou seu álbum de estreia, Hot Day Long Nights, Here Comes Luvbites (2019), e já estão com um novo trabalho na praça. Com uma estética visual retrô, também presente nos elementos musicais das canções, que dialoga com décadas passadas, seja através dos gêneros musicais que o grupo incorpora nas canções. Há elementos do Rockabilly, Soul, Funk, Disco e também do Pop francês da década de 60 ou das Girl Groups, tudo revestido com uma roupagem contemporânea e inclassificável.
::: DESTAQUE: Do Lado de Cá

| Facebook | Bandcamp | SpotifyInstagram |


ROD KRIEGER  [A Elasticidade do Tempo] –  Radicado em Lisboa, o músico Rod Krieger faz sua estreia em carreira solo com o surpreendente A Elasticidade do Tempo, misturando elementos de Psicodelia, instrumentos de música indiana, numa viagem que tanto remete aos anos 60 quanto aos dias atuais, com o uso de elmentos da eletrônica. Algumas letras seguem pelo caminho do surreal. Krieger foi baixista da banda Cachorro Grande e tocou quase todos os instrumentos e fez a mixagem. O álbum tem a participação de Arnaldo Baptista na faixa “Louvado seja Deus”, uma das melhores do disco.
::: DESTAQUE: Despertar

| Facebook | Bandcamp | Spotify | Twitter | Instagram |


LEIA TAMBÉM:

PARABÓLICA #8: SINGLES & VIDEOCLIPES 04/2020 :: SEXORES, THE STROKES E MAIS
PARABÓLICA #7: I BREAK HORSES, WINDY & CARL, DANIEL LAND E MAIS


:: Ouça a Playlist:

Anteriores UNFORGETTABLE FIRE | U2 (1984)
Próximo X | Nos 40 anos do clássico 'Los Angeles', banda lança 'ALPHABETLAND' :: OUÇA

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *