LONG BEARD – Means To Me (2019)



“Com letras que falam da vida em geral, Long Beard é um projeto que ainda pode crescer muito sobretudo pela voz cândida de Leslie Bear.”

Long Beard é o projeto musical da cantora e compositora americana Leslie Bear. Em cenários intimistas e bem delicados, Leslie parte do folk e até mesmo do dream-pop para falar da vida, dos sentimentos tão comuns relacionados a nós, humanos. De uma forma simples, as faixas variam entre bases acústicas (“Countless” e “Empty Bottle”) ou ganham aquela guitarra dedilhada que faz harmonia coesa à voz cândida de Bear (“Getting By” e “Means To Me”). O clima etéreo de “Forever” e a guitarra que atinge um peso maior nos instantes finais de “Sweetheart” revelam uma artista com uma visão caleidoscópica dentro da forma de compor (apesar de tal característica não ser logo aparente).

O álbum poderia ter uma maior aproximação com orquestrações. Violinos e sopros casariam bem com a voz de Leslie. De qualquer forma, Means To Me é um passo importante para uma cantora que tem qualidades para novos e multifacetados discos. Indicado para quem gosta de Cat Power, Angel Olsen e Mazzy Star, o projeto musical já conta com um début na carreira, Sleepwalker (2015). Esse é o segundo trabalho (após 4 anos) e foi lançado dia 13 de setembro.

NOTA: 6,8


NOTA DOS REDATORES:
Eduardo Juliano:
Isaac Lima:
Luciano Ferreira:

MÉDIA: 6,8


::LEIA TAMBÉM:
THE LADLES – THE LINE (2019)
HATCHIE – KEEPSAKE (2019)


::FAIXAS:
01. Countless
02. Getting By
03. Snow Globe
04. Sweetheart
05. Empty Bottle
06. In The Morning
07. Forever
08. Means To Me
09. Monarch
10. The Last
::
::


::Mais Informações: Bandcamp/Facebook


::Ouça “Getting By”:

Anteriores 10 PERGUNTAS PARA THE COMPLETERS
Próximo ELZA SOARES – PLANETA FOME (2019)