CAGED ANIMALS – Escape Artist (2018)


“Indie-pop buscando algo mais e respirando novos ares”

Quarteto do Brooklyin (NY) que surgiu em 2011, o Caged Animals tinha tudo para ser mais uma banda indie-pop do cenário atual, isso não fosse a ideia de casar as características do gênero com mais sofisticação ao englobar pianos, sopros e teclados. A banda é liderada pelo vocalista Vincent Cacchione. Não apenas Vincent, sua parceira e também esposa, Magali Charron, é responsável pela voz em algumas faixas (cantando muito bem na cândida ‘Night Dances’). O som do grupo passa também pela eletrônica (em doses reguladas). Entretanto, a eletrônica que busca a fórmula dançante em ‘Making Magic’ acaba soando redundante. Em contrapartida, o quarteto foca bastante no saxofone, inclusive o instrumento é responsável pelo solo homérico em ‘Escape Artist’, e não tem pudor em brilhar lado a lado com baixo e bateria na enérgica ‘Solid Steel’. O Caged Animals ainda busca uma aproximação com o jazz soturno em ‘The Man Who Walked Alone’ e até com o folk na tímida ‘Lost In The Sand’. ‘Escape Artist’ não é um disco soberbo, mas é a prova de uma banda amadurecendo, buscando identidade e afirmação.

:: NOTA: 6,8

:::

:: FAIXAS:
01 – These Dark Times
02 – Get It Through My Heart
03 – Wildflowers
04 – Night Dances
05 – Making Magic
06 – The Man Who Walked Alone
07 – Solid Steel
08 – Escape Artist
09 – Ghost Riding
10 – Chris Metallic
11 – The Oak And The Shrub
12 – Lost In The Sand
13 – Shadows

:::

:: Mais Informações:
Bandcamp
Site oficial
Twitter

:: Assista abaixo ao vídeo de ‘Ghost Riding’:

Anteriores TULLY (Tully, 2018)
Próximo E A TERRA NUNCA ME PARECEU TÃO DISTANTE – Fundação (2018)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *