Spiritualized com videoclipe de “Crazy”; tudo sobre o novo álbum


Jason Pierce, do Spiritualized

Jason Pierce AKA J. Spaceman está prestes a lançar Everything Was Beautiful, seu nono álbum de estúdio e sucessor de And Nothing Hurt (2018). O retorno coincide com o aniversário de três décadas do início da carreira discográfica com sua banda Spiritualized. Em 2021, o grupo viu a reedição dos quatro primeiros álbuns pelo selo Fat Possum, dentre eles Lazer Guided Melodies, o disco mais viajado do grupo, que lhes rendeu o termo Space-Rock, que persiste até hoje apesar das mudanças sonoras sofridas nessas três décadas.

Pierce soltou a faixa “Crazy” (VIDEOCLIPE AO FINAL), segundo single do novo álbum, uma releitura para uma canção country de Nikki Lane, que tem participação especial na faixa. É uma balada sobre rompimento e traz as divagações dolorosas sobre as possibilidades:  “And I know you can’t love me now, not today / All of my thoughts are of you / But I hope in time that we might find a way /Lord knows how time can be cruel”. Musicalmente, é uma valsa semi-acústica regada com guitarras em efeito steel, e coros Gospel. O videoclipe foi inspirado no filme “Kiss”, de Andy Warhol, e foi dirigido pelo próprio Pierce.

No primeiro single, “Always Together With You”, lançado em novembro passado, o Pierce se entregou em  declarações de amor e sobre ser tudo que o outro deseja: “If you want a radio / I’ll be a radio for you / If you want an aeroplane / I’ll be an aeroplane for you / If you got a lonely heart / I’ll be a lonely heart for you / If you want a rocket ship / I will be a rocket ship for you”. E parece ser essa a verve de Everything Was Beautiful que, junto com o título An Nothing Left, formam a frase “Everything was beautiful and nothing hurt”, frase do romance Slaughterhouse-Five, de Kurt Vonnegut.

+++ Leia o Especial sobre o Loop

Everything Was Beautiful está marcado para sair no dia 25 de fevereiro. Os dois singles mostram que,em termos sonoros, não deve se distanciar do disco de 2018, e liricamente deve partir corações. O álbum tem sete faixas e foi gravado em 11 estúdios e na casa de Pierce, que toca 16 instrumentos diferentes. O disco conta com mais de 30 músicos e cantores, e inclui cordas e metais, coros, sinos e carrilhões da Whitechapel Bell Foundry. Tem também participação da filha Poppy e do amigo e colaborador John Coxon.


everything was beautiful cover art

TRACKLIST:

01. Always Together With You
02. Best Thing You Never Had (The D Song)
03. Let It Bleed (For Iggy)
04. Crazy
05. The Mainline Song
06. The A Song (Laid In Your Arms)
07. I’m Coming Home Again

 

 

 


O VIDEOCLIPE DE “CRAZY”, DO SPIRITUALIZED:

Anteriores Urge! & Convidados e as listas de Preferidos de 2021
Próximo Young Prisms está de volta; "Honeydew" é o novo single

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *