SHOEGAZER WORLD #17 | Fleeting Joys, Mo Dotti e Coletâneas Beneficentes para a Ucrânia


Shoegazer World #17

Guitarras pela paz

Uma das importantes funções do Bandcamp acontece durante grandes tragédias mundiais, momento em que artistas conseguem se mobilizar, fazer compilações ou mesmo lançar trabalhos individuais em pouquíssimo tempo a fim de arrecadar fundos para causas que necessitam de recursos urgentes. No caso da Ucrânia, a música eletrônica saiu na frente, com dezenas de compilações. As bandas dedicadas ao Shoegaze, Dreampop e Post-Rock costumam fazer o mesmo, porém, no caso atual, parecem mais devagar, mas já há bons discos à disposição.

A primeira e única banda até agora e fazer uma música especificamente para essa finalidade é a norte-americana Fleeting Joys, autora de um dos melhores discos de Shoegaze no ano passado (All Lost Eyes and Glitter), e que lançou no dia 17 de março o single “Everything You’re Running To” para arrecadar recursos para a World Central Kitchen, instituição que está ajudando famílias ucranianas impactadas pela guerra. É uma excelente canção, e vale apena dar uma força para esses ótimos shoegazers nesta empreitada.

>> Mais em: http://www.facebook.com/thefleetingjoys


VA – For Ukraine (Volume 1)

Na área do Dreampop/Ambient, foi lançada no dia 19 de março a excelente compilação For Ukraine, com artistas de variados estilos, porém todos com uma pegada melancólica comum a quem se dedica ao Shoegaze. O trabalho foi organizado pela revista eletrônica americana Headphone Commute. Destaques para o Hammock, banda que começou fazendo Shoegaze clássico e atualmente atua mais na seara Ambient, para o Endless Melancholy e para o Lights and Motion. Os recursos arrecadados irão para o International Rescue Committee, entidade que está dando suporte a crianças e suas famílias ucranianas.

>> Mais em: http://facebook.com/reviews.headphonecommute


VA – Cohesion – We Stand Together For The People Of Ukraine (2022)

Várias bandas de Post-Rock participam da coletânea, lançada no dia 13 de março pelo selo alemão Midira Records, entre elas a brasileira Labirinto, que cedeu uma gravação em parceria com outra banda do estilo, thisquietyarmy. Vários post-rockers fizeram questão de participar da coletânea, entre eles Nadja e Aidan Baker. Os recursos estão sendo destinados a várias entidades, como Cruz Vermelha, Unicef, Caritas and Diakonie, e Bündnis Entwicklung Hilft (aliança de instituições alemãs).

>> Mais em: https://de-de.facebook.com/MidiraRecords/


VA – Bughead Records – For Ukraine (2022)

O selo tcheco Bughead Records organizou uma coletânea com bandas de Dreampop, Dreamfolk, Lo-Fi e Indie-Folk com a finalidade de juntar recursos para a entidade Clovek v tisni, de seu país, que ajuda refugiados ucranianos. Há várias belas canções, que merecem a audição, com destaques para “Let’s Start Over”, do Apocalypse I8er, e “Blue Room”, da Brooke Henzell.

>> Mais em: https://www.facebook.com/bughead.records/


Mo Dotti – Guided Imaginary (2022)

Para encerrar, um trabalho que não é beneficente, mas o melhor que caiu nas mãos do colunista na semana. Trata-se de Guided Imaginary, do Mo Dotti, quarteto californiano que traz o Lush como sua influência mais óbvia. Mas não só. Além do Shoegaze mais ruidoso, a banda é capaz de soar bastante suave, como na bela “All Dressed Up In Dreams”, cover do Stephin Merritt. O EP foi lançado no dia 18 de março.

>> Mais em: https://www.facebook.com/modottiband/


Anteriores Duster lança ‘Together’, novo álbum, de surpresa; Ouça
Próximo Arlo Parks, Chelsea Rose, Angel Olsen e mais nos destaques da semana

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *