7 PRODUÇÕES DE STEVEN SPIELBERG


Foto de Steve Spielberg jovem para resenha lista de 7

Steven Spielberg é conhecido pela sensibilidade em transmitir emoções, mesmo em produções que pretendem contar histórias de teor fantástico ou de ficção cientifica, gênero que Spielberg domina como poucos.

Bem sucedido como Produtor e Diretor, Spielberg coleciona muitos sucessos: E.T: O Extraterrestre, A Lista de Schindler, Jurassic Park, O Resgate do Soldado Ryan, dentre outros. Mesmo que na última década o diretor não tenha conseguido muitos sucessos, alcançaram êxito de público e critica, exceção de As Aventuras de Timtim e Jogador Número Um, boas produções que não alcançaram os resultados esperados.

Para se ter uma ideia da importância do Diretor, uma de suas técnicas de filmagem, o close extremo no rosto de determinados personagens, deu origem ao termo “The Face Spielberg”, para fazer menção ao estilo do cineasta. Outra de suas técnicas bastante explorada é captura de reflexos e até mesmo das sombras, uma forma de “suavizar” cenas violentas. Técnica também é muito utilizada por Martin Scorcese.

Spielberg sempre foi aberto a parcerias com outros diretores e generoso em apadrinhar jovens diretores. Robert Zemeckis e Joe Dante são exemplos de parceiros que tiveram Spielberg como produtor executivo de alguns de seus filmes. E o que seria de Tobe Hooper e seu Poltergeist sem sua produção, dando algum polimento a obra? Talvez seja algo que nunca saberemos.

Com uma extensa filmografia, seja como diretor, produtor ou roteirista, seria muito difícil acontecer somente sucessos. Dentro desse universo tão vasto, nossa Lista de 7 comenta sete produções do diretor, não se atendo a critérios de qualidade da obra, mas produções que valem a pena ser vistas ouo revisitadas por quem se interessam por boas produções. Não é uma lista definitiva, foca em produções que tem algo a acrescentar na sua filmografia.


01. TUBARÃO (Jaws, 1975)

Tubarão é um filme perfeito!

Primeiro sucesso de Spielberg, foi também, seu primeiro trabalho para o cinema. O filme é baseado na obra de Peter Benchley, que também foi co-autor do roteiro com Carl Gottlieb. Lançado em 20 de junho de 1975, com ampla divulgação da Universal Pictures, conquistou público e crítica. Seu faturamento foi o maior da história na época com pouco mais de 470 milhões de dólares, iniciando a época dos chamados filmes blockbusters.

Uma trama bastante simples, mas que com um roteiro coeso, transforma uma simples caçada em momentos extremos de tensão. Um grande tubarão branco ameaça banhistas na praia fictícia de Amity Island, na Nova Inglaterra, fazendo com que o chefe de policia local Martin Brody (Roy Scheider) decida caçá-lo com a ajuda do biólogo marinho Matt Hooper (Richard Dreyfuss) e o caçador de tubarões Quint (Robert Shaw).

Spielberg transformou o que seria um filme de terror em um filme de suspense em alto mar, com muita tensão entre seus protagonistas, culminando num final estonteante com a derrota da “fera”, o que lembra a queda do caminhão ao final de Encurralado, também do diretor, filmado quatro anos antes.


02. POLTERGEIST, O FENÔMENO (Poltergeist, 1982)

Poltergeist surgiu de uma história real sobre um parque de atrações erigido sobre um cemitério sem que as tumbas tivessem sido esvaziadas. O lugar existe e se chama Cheeseman Park. Na época, O departamento forense de Denver foi chamado inúmeras vezes ao lugar diante dos relatos de que partes de corpos que subiam à superfície. Peças de latão dos caixões velhos e caixões, também foram descobertos. Quem levava pra casa partes desses objetos como “souvenir”, relatavam graves atividades paranormais em suas casas.

Spilberg viu que a história tinha potencial e transformou o parque de diversões na residência de uma família onde acontecimentos paranormais percebidos por sua filha mais nova, Carol Anne, desencadeando em uma batalha contra esses espíritos. A produção contou com diversos problemas em seu set de produção e inclusive morte de atores após a conclusão do filme.

Poltergeist é um terror de primeira, mostrando a luta de uma família contra um mal que não sabem como lidar. O filme foi co-dirigido por Tobe Hoper e Spielberg. Devido a problemas contratuais, Hooper dirigiu a película. Spielberg mesmo proibido de assinar a direção, esteve presente no set de filmagens durante todo o processo. Muitos atribuem o sucesso do filme a forma como Spielberg conduziu indiretamente as filmagens.


03. AMAZING STORIES (Amazing Stories, 1986-1987)

Spielberg sempre foi muito apaixonado pelos temas fantásticos e era admirador confesso de Rod Serling e seu Twilight Zone, tentou produzir e dar continuidade a série de Tv. Explorando o desconhecido como tema, a série foi um sucesso entre 1959 e 1964. Partindo dessa premissa, Spielberg tentou produzir novo episódios, mas não conseguiu devido a problemas autorais com a emissora. Decidiu ele mesmo produzir uma série tributo com as mesmas temáticas, mas com sua total supervisão.

Por se tratar de diferentes histórias, há episódios que beiram o sublime de tanta qualidade e outros bastante nonsense, e de gosto bastante duvidoso. Spielberg conseguiu que diretores do quilate de Joe Dante, Robert Zemeckis, Brad Bird, Martin Scorcese emprestassem sua força criativa nesse projeto, além de atores como Kevin Costner, Martin Sheen, Kiefer Sutherland, Tim Robbins, John Lithgow, Harvey Keitel dentre muitos outros. Os temas abordados nessas histórias sempre permearam a carreira de Spielberg.

Foi anunciado que a Amazon Prime está desenvolvendo uma nova temporada de Amazing Stories novamente sobre sua supervisão e está prevista para chegar lá fora na segunda metade do ano de 2019.


04. IMPÉRIO DO SOL (Empire of the Sun, 1987)

Após o sucesso de Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida um filme excelente e com um personagem adorável. Spielberg deixou o cinema matinê de lado e se aventurou pelo cinema de drama de guerra, uma de suas paixões, que seria revisitado mais algumas vezes ao longo de sua carreira.

É um filme importante na extensa filmografia de Spielberg por ser o primeiro a trazer como personagem principal uma criança, e pelos seus olhos dessa criança vemos todos os traumas que essa guerra traz e vai deixar como consequências para o menino.

Um recurso marcante é uso de sombras para apresentar momentos violentos e causar o menor desconforto ao expectador e atenuar a violência.

Há dois momentos marcantes:  é tocante ver o esforço que Jim (o jovem Christian Bale) faz para esquecer da imagem de seus pais, sabendo que nunca mais vai revê-los; e o outro, quando é mostrado o sangue escorrendo por uma lâmina de uma espada, sequencias extremamente poéticas. Spielberg em seu auge na direção de cenas.


05. IRMÃOS DE GUERRA (Band of Brothers, 2001)

Após produções bem sucedidas, Spielberg, juntamente com o amigo Tom Hanks, se aventurou a produzir uma série que tinha como pano de fundo a Segunda Guerra Mundial. Surgiu a ideia de Band of Brothers, inspirada no livro de mesmo nome,.

A serie acompanha a história da ‘’E’’, Easy Company, o 506° Regimento da 101ª Divisão Aerotransportada, desde o treinamento inicial da equipe, em 1942, até o final da 2ª Guerra Mundial. Em dez episódios, a série foca nos dramas dos jovens soldados desde o momento em que chegam a companhia e seu treinamento exaustivo.

Spielberg, um admirador confesso desse período da história, utiliza de depoimentos dos ex-soldados sobreviventes da companhia para produzir um dos melhores trabalhos sobre um dos períodos mais nefastos da história da humanidade.

A serie da HBO durou cerca de dois anos para ser concluída, tem qualidade acima da média para a TV, e foi um dos programas que iniciou o ciclo das grandes produções televisivas da HBO.

Muitos podem se perguntar por que Band of Brothers e não O Resgate do Soldado Ryan. Por melhor que seja o filme, o drama mostrado aqui alcança um limite de excelência poucas vezes vistos na televisão e quiçá no cinema! Programa obrigatório!


06. TAKEN (Taken, 2002)

Outra produção para a TV com o selo Spielberg de qualidade. A série acompanha a história de três famílias durante décadas e gerações diferentes. Eles são os Keys, os Crawfords e os Clarkes. Todas as famílias acabam sofrendo de alguma forma uma interferência extraterrestre.

Depois de algumas produções sobre o tema, entre elas Men in Black I e II, o desenho Invasão América e o blockbuster ET, O Extraterrestre, Spielberg pisava em um terreno confortável quando decidiu produzir uma serie que percorre cinco décadas, e que mexe com imaginário de várias pessoas, ao contar a historia de três famílias envolvidas com abdução alienígena.

Com um total de dez episódios a serie entra no panteão dos grandes trabalhos de Spielberg por expandir o universo dos extraterrestres, e trazer os dramas sofridos por essas pessoas ao longo do tempo. Imperdível!


07. MUNIQUE (Munich, 2005)

Fato: Em setembro de 1972, durante às Olimpíadas de Munique, um ataque terrorista sem precedentes foi transmitido ao vivo para 900 milhões de pessoas. Um grupo palestino denominado Setembro Negro invadiu a Vila Olímpica, matou dois integrantes da equipe olímpica israelense e manteve outros nove como reféns. Vinte e uma horas após o ataque, todos os atletas foram executados.

Baseada nos acontecimentos reais relatados acima, Munique é o ultimo grande filme adulto de Spielberg. Apresenta uma tensão poucas vezes vista em uma produção do diretor.

A equipe formada por Steve (Daniel Craig antes de se tornar famoso na pele de 007), Carl (Ciarán Hinds) e Roberts (Mathieu Kassovitz), começa uma caçada em que não se sabe em quem confiar, com desconfiança até dos próprios companheiros. É um triller eletrizante, que apresenta Eric Bana como um líder dividido entre a família e a obrigação injustificada com seu país. A todo momento vemos esses homens largados a própria sorte em missões que muitas vezes se mostravam injustificadas.

Outro filme imperdível de Spielberg.


LEIA TAMBÉM:

LISTA DE 7: CANÇÕES COM VIOLINOS
LISTA DE 7: PERSONAGENS INTELIGENTES DE SÉRIES


:: Assista ao trailer do documentário Spielberg, da HBO:

Anteriores O REI LEÃO (The Lion King, 2019)
Próximo GOLDEN FABLE - Alchemy (Full Of Joy Records, 2019)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado.