PAVO PAVO – Mystery Hour (2019)


“A cena musical do Brooklyn continua bem representada com o Pavo Pavo e seu Mystery Hour”

O ouvinte investigador sempre fica de olhos (e ouvidos) atentos para o que sai do Brooklyn (NY). Dessa forma, acaba descobrindo bandas que chegam com propostas ousadas e que continuam propagando a fama do lugar em ser um ótimo berço para o cenário musical. Dessa forma o mundo viu surgir MGMT, Yeasayer, Animal Collective, entre outras bandas. O grupo Pavo Pavo pode ser incluído nessa lista, sobretudo por conta do début “Young Narrator In The Breakers” (2015) que chegou bem promissor e recebeu críticas positivas, além de assinar logo com uma gravadora americana de peso, a Bella Union.

Pavo Pavo passou por várias formações e chegou a trabalhar com membros de outras bandas (como Austin Vaughn do Here We Go Magic). Claro que isso influenciou nas características do grupo que tem um pé na sonoridade atual e parece ter se inspirado bastante em nomes como o próprio Here We Go Magic, Kishi Bashi e Grizzly Bear. Entretanto, os novaiorquinos também não tem medo de expor a influência que sofreram por décadas antigas e “Mystery Hour” foi produzido tendo como pensamento a grande obra-prima “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” de 1967, “100 Years” é descaradamente The Beatles e sugere isso, bem como a década 70’s não escapa ilesa, “Statue Is a Man Inside” é algo que se encaixaria num disco do Pink Floyd dessa década.

Com base nessa exploração de épocas, dos variados instrumentos utilizados (sintetizadores, violinos, guitarras) e de não alcançar um gênero específico (mesmo rotulados de art rock), Pavo Pavo é mais um grupo que estilhaça sua música, parece desconstruir seu trabalho em prol de buscar uma originalidade mesmo dentro de influências fáceis de identificação.

Outro ponto forte da banda é o ludismo, a ironia e descontração. Praticamente não há espaço para melancolia, faixas como “Mon Cheri” são bem divertidas com letras bem humoradas. “The Other Half” traz o grupo arriscando uma espécie de vaudeville e “Check The Weather” pega carona na eletrônica, trazendo um clima retrô agradável com referências a dupla Sparks (dos irmãos Mael) lá no início dos 80’s. “Mystery Hour” é a mais rock do álbum, as guitarras ganham peso e Eliza Bagg cativa com sua voz.

Pavo Pavo é aquele banda longe de ser original, em contrapartida, o grupo também não faz uma mera e plastificada cópia do que escutamos pela vida. Ao se valer de artistas conterrâneos e de épocas antigas para emoldurar sua sonoridade, a banda até cria sua identidade, ou melhor, tem essa intenção e faz de “Mystery Hour” uma boa chance para isso.

:: NOTA: 7,0
__________________________
NOTA DOS REDATORES:
Eduardo Juliano:
Isaac Lima:
Luciano Ferreira:

MÉDIA: 7,0
__________________________

:: LEIA TAMBÉM DE EDUARDO SALVALAIO: ANEMONE – BEAT MY DISTANCE (2019)

:::

:: FAIXAS:
01. Mystery Hour
02. Mon Cheri
03. Easy
04. 100 Years
05. Check The Weather
06. Close To Your Ego
07. The Other Half
08. Around Part 1
09. Around Part 2
10. Statue Is A Man Inside
11. Goldenrod

 

:::

:: Mais Informações: Bandcamp | Site oficial

:: Assista ao vídeo oficial de “Mystery Hour”:

Anteriores PORTISHEAD - Dummy (1994)
Próximo BLACK BOX RECORDER :: Psicologia de Criança

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *