Guitarrista John McGeoch ganha biografia ‘The Light Pours Out of Me’


Livro sobre John McGeoch, The Light Pours Ot of me

Escrito por  Rory Sullivan-Burke, The Light Pours Out of Me – The Authorised Biography of John McGeoch (Omnibus Press) conta a trajetória do influente e talentoso guitarrista escocês John Alexander McGeoch AKA John McGeoch (1955-2004), para alguns uma lenda da guitarra. McGeoch tem sido geralmente lembrado pelo seu trabalho à frente das seis cordas em álbuns de bandas seminais do Pós-Punk como Magazine, Visage, Siouxsie and the Banshees, P.I.L e The Armoury Show.

Para além de sua participação nos álbuns das bandas citadas como membro efetivo, o músico participou de canções de artistas como Tina Turner, Generation X e The Sugarcubes. McGeoch  morreu precocemente em 2004, aos 48 anos. O livro vem suprir uma lacuna na história desse guitarrista tão importante na música inglesa do final dos anos 70 e início dos 80, e que tinha predileção por trabalhar com texturas ao invés de solos. Dono de técnica apurada e de timbres marcantes, é lembrado por guitarristas como Ed O’Brien (Radiohead), The Edge (U2) e William Reid (The Jesus and Mary Chain).

Quando se fala de McGeoch, é muito comum encontrar a declaração elogiosa da vocalista Siouxsie Sioux sobre sua habilidade: “John McGeoch was my favourite guitarist of all time. He was into sound in an almost abstract way. I loved the fact that I could say, ‘I want this to sound like a horse falling off a cliff’, and he would know exactly what I meant. He was easily, without a shadow of a doubt, the most creative guitarist the Banshees ever had”. Para alguns, os melhores álbuns da banda são da fase com McGeoch.

Em 2008, a BBC lançou Spellbound: The John McGeoch Story, documentário de cerca de uma hora de duração em homenagem ao guitarrista que de muitas formas definiu a sonoridade do Pós-Punk.

+++ LEIA O ESPECIAL SOBRE O ÁLBUM ‘THROUGH THE LOOKING GLASS’, DE SIOUXSIE AND THE BANSHEES

Autorizado pela família – atualmente Emily Jean, sua filha, é responsável pelo legado de McGeoch -, o livro traz fotos inéditas e comentários de parceiros de banda e de influenciados pelo estilo de tocar de John. Steve Jones, Billy Idol, Johnny Marr, John Frusciante, Keith Levene, Jonny Greenwood, Nick Launay, Ed O’Brien, Peter Hook são alguns dos músicos que estão no livro e trazem sua visão sobre a importância do guitarrista.

The Light Pours Out of Me – The Authorised Biography of John McGeoch será lançado oficialmente no dia 28 de abril.


TRABALHOS DE GUITARRA MARCANTES: 

“Spellbound”, “Israel”, “Arabian Knights”, “Cascade”, “Melt”, com Siouxsie and the Banshees

 “The Light Pours Out of Me”, “Shot By Both Sides”, “Because You Frightened”, “I Wanted Your Heart”, com Magazine


CURIOSIDADES: 

McGeoch era formado em Belas Artes e se interessava por fotografia, pintura e desenho;

Peter Murphy o convidou para participar de seu primeiro álbum solo The World Fail To Fall Apart, na faixa “The Light Pours Out of Me”, cover do Magazine, a qual tem guitarras de sua autoria;

Robert Smith (The Cure) foi seu substituto no Siouxsie and the Banshees após o guitarrista ser hospitalizado por stress e uso excessivo de álcool, em 1982;

“Gold”, do álbum Stick Around for Joy (1992), do Sugarcubes, tem participação do guitarrista;

O guitarrista tocou no álbum Impossible (1981), de Ken Lockie;

Produziu o álbum homônimo da banda sueca Zzzang Tumb, lançado em 1983;

Em 1996, ele foi listado pela revista Mojo como um dos “100 Maiores Guitarristas de Todos os Tempos”;

McGeoch morreu em 2004 enquanto dormia e havia se aposentado da música no início os anos 90.


APRESENTAÇÃO DE SIOUXSIE AND THE BANSHEES EM 1981 COM JOHN MCGEOCH:

Anteriores SHOEGAZER WORLD #15 | Whimsical, Sonic Delays, The Hermits, Puppy Love & Letting Up Despite Great Faults
Próximo A história de Kim Gordon, um ícone do Rock Alternativo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *