HOLY HOLY – My Own Pool Of Light (Wonderlick Recordings, 2019)



“Álbum não tem tanto brilho, mas faixas que se destacam, e boas influências”

Oscar Dawson (guitarras) e Timothy Carroll (guitarra e vocais) eram dois professores de inglês que faziam um trabalho voluntário no sudeste da Ásia e acabaram fazendo amizade. Dawnson já tinha sua banda, Dukes Of Windsor. A convite de Carroll, acabou ajudando na composição de algumas canções do músico e dessa forma resolveram criar o Holy Holy, isso desde 2015, com o lançamento de When The Storms Would Come. Assim começa a trajetória desses australianos. A dupla em seguida contratou mais três músicos: Ryan Strathie (bateria), Graham Ritchie (baixo) e Matt Redlich (teclados e vocais de apoio).

O grupo se diz bastante influenciado tanto por nomes do passado como contemporâneos e cita algumas bandas: Pink Floyd, Dire Straits, Band Of Horses e Grizzly Bear. Em parte essa ideia fica bem transparente durante as doze faixas de My Own Pool Of Light pois há forte presença das características dos grupos mencionados.

O álbum segue por uma sonoridade típica do rock com baixo-guitarra-bateria fazendo sua parte padrão. A adição de teclados por vezes dá um toque mais suavizado com aspecto de pop radiofônico (“Flight”). O disco atinge uma produção um tanto quanto regular, apresentando algumas faixas que se destacam e outras que acabam apagadas. Entre os destaques, temos: o refrão ganchudo de “Hatswing”, um jeito de arena rock que “Faces” deixa passar e a aproximação com o eletrônico e dançante presente em “Paces #1”. “St Petersburg” também é interessante fechando o álbum com uma melodia guiada apenas por vocais e teclados revelando uma faceta melancólica do grupo.

NOTA: 6,3


NOTA DOS REDATORES:

Eduardo Juliano:
Isaac Lima:
Luciano Ferreira:
MÉDIA: 6,3


:: LEIA TAMBÉM:

THE RIVAL BID – YOUNG FOOLS (2019)
SPACE DAZE – TOO MYSTICAL (Jigsaw Records, 2019)


::FAIXAS:

01. Maybe You Know
02. Faces
03. Flight
04. Sandra
05. Starting Line
06. Paces #1
07. People
08. Teach me About Dying
09. Hatswing
10. (10) / 11. Frida
12. St Petersburg


:: Mais Informações: Facebook/Site oficial


:: Ouça a faixa “Maybe You Know”:

Anteriores GRINDERMAN - Grinderman (2007) / Grinderman 2 (2010)
Próximo CLUBE DOS CINCO (THE BREAKFAST CLUB, 1985)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado.