TAMARYN – Dreaming The Dark (2019)


“Dreaming The Dark se desvia um tanto da sonoridade típica que consagrou o Tamaryn”

Chegando ao quarto disco, o Tamaryn vai quase completando seus 10 anos de carreira. O nome do projeto pega emprestado o nome da vocalista, que é neozelandesa, porém radicada nos EUA. Junto dela, temos seu parceiro de criação musical, Rex John Shelverton. A dupla ficou bem conhecida pela sonoridade misturando dream-pop, new wave, shoegaze e gothic rock. Neste último trabalho, porém, assume uma pegada mais pop, direta e a sonoridade não está tão soturna. Em contrapartida, apesar dessa fuga dos primeiros trabalhos, algumas faixas do álbum podem ser indicadas para quem é fã de bandas atuais como Still Corners e The KVB, como também para quem passou muitos dias ouvindo Siouxsie And The Banshees e Cocteau Twins (ouça ‘Paranoia IV’). ‘Dreaming The Dark’ coloca a voz de Tamaryn em primeiro plano (bem enérgica em faixas como ‘Fits Of Rage’) junto a camadas de sintetizadores em climas ora dançantes (‘The Jealous Kind’) ora mais climáticos/etéreos (‘Terrified’).

:: NOTA: 6,7


NOTA DOS REDATORES:
Eduardo Juliano:
Isaac Lima:
Luciano Ferreira:

MÉDIA: 6,7


:: LEIA TAMBÉM:

JENNY LEWIS – On The Line (2019)

DANIEL LAND – The Dream of the Red Sails (2019)

 


:: FAIXAS:
01. Angels Of Sweat
02. Terrified
03. Path To Love
04. Fits Of Rage
05. Paranoia IV
06. Victim Complex
07. You’re Adored
08. The Jealous Kind
09. Dreaming The Dark

 


:: Mais Informações: Bandcamp | Site oficial


:: Ouça o álbum na íntegra:

Anteriores FLAMING LIPS :: Álbum "King's Mouth" e nova faixa : OUÇA
Próximo VIKINGS (Vikings, 2013-)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado.