SHOEGAZE WORLD | Fawning – Illusions of Control


Fawning band

Dos encontros em shows com suas respectivas bandas, Cheyenne Avant (Night School) e Devin Nunes (Whirr) resolveram unir forças e criar em 2019 o Fawning, inicialmente um projeto de estúdio, que logo sentiu necessidade de expandir e fazer shows. Entra o baixista Eddie Salgado para as apresentações ao vivo.

Ainda em 2019, o grupo lançou ‘Too Late’, EP de quatro faixas carregadas de sintetizadores atmosféricos e clima invernal e intimista, em dia com nomes do catálogo dos primeiros anos da mítica gravadora inglesa 4AD. Não é por acaso, a banda cita como influências Cocteau Twins, Cranes e Julle Cruise.

Em ‘Illusions of Control’ (mesmo título de um documentário canadense d 2019), seu álbum de estreia, o duo adiciona camadas de guitarras texturizadas através de efeitos de Delay e Reverb, resultando em oito canções cujo maior intuito é deleitar o ouvinte com ambientes de serenidade entorpecedora.Nesse sentido, musicalmente o grupo está mais próximo que nunca do lado etéreo do Cocteau Twins, enquanto os vocais delicados de Cheyenne se aproximam dos de Alison Shaw (Cranes).

São nesses momentos que eles acertam a mão, como na placidez da abertura com “At Fault”, no embalo hipnótico de “Uptight (Her Eyes)”,  nos dedilhados cheios de texturas de “Wait”. Já o sax em “Nothing Matters” soa tanto desnecessário quanto fora do clima construído para a canção. Vale citar ainda que “You’re No One to Cry” envereda pelo Pós-Punk, e “All I Have” mostra ênfase em uma bateria mais pesada e contornos mais próximos de bandas Darkwave.

TAMBÉM PODE INTERESSAR:

SHOEGAZER ALIVE #29 | Rilf, ONBC, Romenia, 旋風 e Of The Chosen


O ÁLBUM:

Anteriores OUÇA AGORA | Violeta de Outono - Dia Eterno
Próximo PREMIERE | Ousel aposta na suavidade em "Whispers"

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *