ELECTRIC LO FI SERESTA | Moondial FM


Guilherme Almeida - Electric Lo-Fi Seresta

Pouco menos de um ano após o lançamento de Songs From The Hypnagogic Cave (2020) e o Electric Lo Fi Seresta, banda de um homem só/projeto solo de Guilherme Almeida, guitarrista da banda carioca The John Candy, está de volta com um novo álbum na praça, Moondial FM (Midsummer Madness Records), o quinto da carreira.

O novo trabalho traz onze faixas, todas compostas e executadas pelo próprio Guilherme, onde desfila aquela sonoridade Lo-Fi peculiar do projeto, só que agora com a adição de bateria, baixo e teclado. As distorções que sempre davam as caras e as ambientações mais densas estão aqui mais contidas, dão lugar a arranjos de tendência mais melódica, com as múltiplas sonoridades dos anos 80 surgindo em momentos diversos.

+++ THE FALL :: MIDSUMMER MADNESS LANÇA TRIBUTO

É possível encontrar influencias de bandas como New Order na melódica “Don´t Be So Cruel, Pantagruel”, com uma linha baixo ao melhor estilo Peter Hook e guitarras límpidas e também em “At Twenty-Two”. Há também no novo trabalho muito de Jangle-Pop de dedilhados melódicos e guitarras “cristalinas”, criando canções de clima ensolarado.

Tendo o rádio e as estações como tema presente em em algumas faixas, não dá pra dizer que é um álbum conceitual em sua totalidade. A noite e seus elementos, por exemplo, é um tema que surge em várias das letras, que carregam uma mistura de saudosismo, melancolia e solidão, sentimentos amplificados pelo isolamento provocado pela Pandemia, como na letra de “A Light That Never Changes”, talvez a faixa mais “suja” do disco: “This town is so quiet tonight / But people are going range / And so long, so long we find / A light that never changes”.

Gravado durante a Pandemia, Moondial FM soa, como todos os trabalhos de Guilherme sob a alcunha de Electric Lo Fi Seresta, despretensioso em sua proposta de não se pretender grande, mas grandioso dentro desse universo de canções simples, diretas e carregadas de emoções e experimentações, vide a instrumental “Turning Off Transmitters”, que se assemelha a uma rádio mal sintonizada tocando uma canção cheia de reverberações sob interferência de uma outra.


ELECTRIC LO FI SERESTA – Moondial FM

Anteriores Plebe Rude comemora 40 anos e lança o single "68"
Próximo CRÍTICA | Nem um Passo em Falso (No Sudden Move)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *