ODDFELOW’S CASINO – Burning! Burning!: Encontra criatividade no poder da Música e da Literatura


David Bramwell do Oddfellow's Casino em resenha de Burning! Burning!

Oddfellow’s Casino é um projeto musical inglês que une Música e Literatura a todo vapor. Não é por menos, o líder e vocalista David Bramwell é escritor, radialista, teve diversos programas na BBC, e é fundador do Catalyst Club que na verdade é uma agremiação em Brighton onde os participantes comentam e trocam ideias sobre suas paixões e hobbies em geral.

Burning! Burning!, o sétimo e mais recente trabalho de carreira, dá continuidade precisa ao álbum anterior, Oh, Sealand (2017). A marca maior do Oddfellow’s Casino continua preservada: narrar histórias e seus personagens em paisagens sonoras cativantes, expor crônicas ou contos em forma de música. O projeto inclusive tem tanta sintonia com a Literatura que Alan Moore também faz participação especial no álbum de três anos atrás.

Bramwell faz questão de falar muito da cultura de alguns países, de lendas e de fatos inusitados. O músico carrega em suas letras, narrativas que envolvem desde relatos da visão de um possível fantasma em sua vizinhança (“Where Are The Memories Of Henry Sargeant?”) até o fato curioso acerca da paralisia do sono, que para a cultura Hmong (presente no Vietnã e no Laos) pode ser ocasionada por um espírito maléfico (“Night Of The Dab Tsog”).

Embora o universo do Oddfellow’s Casino possa ser mais amplamente absorvido para entendedores da língua inglesa, a parte melódica deixa o ouvinte em posição confortável. Inúmeros instrumentos, arranjos requintados, faixas distintas entre si e nuances climáticas garantem, junto com as letras, outro diferencial para um músico que segue aperfeiçoando seu projeto em quase 20 anos de existência.

Sem fincar sua sonoridade num único gênero, esse é um álbum que passeia tranquilamente pelo Dream-Pop, Jazz, Folktrônica e Indie-Rock. Juntando elementos tradicionais do Rock com uma eletrônica sutil, a faixa “Frozen Warnings” convence de primeira. Flautas, guitarra distorcida e sintetizadores criam um caos preciso em “Strange Lights In The Night Sky”. “Twice Around The Sun” preza a ambientação acústica criando uma espécie de Folk cheio de detalhes, enquanto ”Marian Marks” soa como uma reunião de The Divine Comedy, The Beatles e Burt Bacharach.

Oddfellow’s Casino é um projeto que assume a importância da transmissão das lendas, reforçando o poder da tradição da oralidade e do constante prazer de aprender sobre a cultura de outros lugares. Tudo bem sintonizado com a Música. Letra e melodia dando conta do recado nas mãos de um músico que entende bem como fazer isso.


Oddfellows Casino - Burnin!Burning! Capa

INFORMAÇÕES:

LANÇAMENTO: 07/08/2020
GRAVADORA: Nightjar Records
FAIXAS: 10
TEMPO: 50minutos
DESTAQUES:  “Sol Ra”,  “Where Are The Memories Of The Henry Sargeant?”,  “Strange Lights In The Night Sky”
PARA FÃS DE: Folktronica, Indie-Rock, Indie-Pop

 

 

 


TAMBÉM PODE INTERESSAR:

MOONFACE | This One’s For The Dancer And This One’s For The Dancer’s Bouquet (2018)
ODDFELLOW’S CASINO | Oh, Sealand (2017)


O ÁLBUM:


Anteriores SHOEGAZER ALIVE #26 | Pia Fraus, Ar Se Adre, The Luxembourg Signal, Nothing e For Sure
Próximo 'A Fabulosa Gilly Hopkins' é ideal para um bom entretenimento em família

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *