THE EXPLORERS CLUB | S/T (2020)


The Explorers Club, foto da banda

“The Explorers Club continua com seu poder de transportar para a música de mais de meio século atrás”

The Explorers Club foi formado por volta de 2005 em Charleston, cidade localizada na Carolina do Sul (EUA). Grupo que passou por várias mudanças, inclusive no ano de 2014, apenas o líder, vocalista, pianista e guitarrista Jason Brewer continuou adiante. Mas, por pouco tempo. Logo resolveu contratar novos integrantes antes mesmo do lançamento de Together (2016).

Os dois discos anteriores são: Freedom Wind (2008) e Grand Hotel (2012). Aliás, uma particularidade da banda é lançar discos de quatro em quatro anos, e dessa forma, chega o quarto e homônimo trabalho com doze faixas inéditas. Mas ele não veio sozinho, o grupo também lançou, no mesmo dia (12/06), um álbum de covers, To Sing And Be Born Again.

O novo álbum conta com uma produção requintada, utilizando o potencial de arranjos criados pelo grupo, assim como tem a proposta de solidificar as características sonoras que eram típicas nos trabalhos anteriores.

Ouvir The Explorers Club nos leva aos 60’s e muito daquela época chega à mente: The Monkees, The Zombies, The Hollies, etc. Entretanto, a influência maior para o grupo é The Beach Boys. Pelo álbum, são constantes as harmonias vocais envoltas em melodias ensolaradas, é o que nota-se sobretudo em faixas como “Ruby”, “Dream World” e “Look To The Horizon”.

Não apenas o trabalho com os vocais, mas o álbum também enfatiza o instrumental amplo e dinâmico. Sopros e cordas estão presentes, muitas vezes oferecendo nuances orquestradas típicas de Burt Bacharach, é o que acontece com “Love So Fine” e “It’s Me”. O piano vintage que abre “Dreamin’”, por outro lado, casa mais com um ambiente da Soul Music 60’s. Para quem gosta de mais peso, “Somewhere Else” pode ser a resposta, se entregando totalmente à Psicodelia 60’s dando destaque nas guitarras e atingindo um ritmo bem ágil.

The Explorers Club faz da modernidade um lugar também fácil de conviver com o passado da música e de não ter preconceitos, de que todas as décadas se ligam e basta saber conectar tudo isso, assim como apreciar.

>>> NOTA: 7.0 <<<

::: THE EXPLORERS CLUB NA REDE: Allmusic | Bandcamp | Facebook | Instagram | Site Oficial | Spotify :::


NOTA DOS REDATORES:

Eduardo Juliano:
Isaac Lima:
Luciano Ferreira: 7.5
Marcello Almeida:

MÉDIA: 7.3


LEIA TAMBÉM:

RESENHA: SUNGAZE | Light In All Of It
LISTA DE 7: 7 Covers de bandas dos 60’s


:: FAIXAS:
01. Ruby
02. One Drop Of Rain
03. Love So Fine
04. Mystery
05. Don’t Cry
06. It’s Me
07. Dawn
08. Dream World
09. Say You Will
10. Somewhere Else
11. Dreamin’
12. Look To The Horizon


:: Ouça o álbum:


:: Assista ao Lyric Video de “One Drop of RAin” :

Anteriores CARLOS MESSIAS | Cultura Pop e Relações Supérfluas em 'Consolação'
Próximo DROPS #4 | Incidente em Ghostland, Distúrbio, Caçadora de Gigantes, A Vastidão da Noite & mais

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *