ROBIN GUTHRIE & MARK GARDENER – Universal Road (2015)


“Universal Road oscila na parceria entre ícones dreampop/shoegaze”

Em 2012 Robin Guthrie (Cocteau Twins) e Mark Gardener (Ride), figurinhas carimbadas do universo shoegaze/dreampop, resolveram fazer uma parceria, daí saiu o single “The Places We Go” e uma série de shows juntos. Foram além, compuseram “Universal Road”, álbum de dez faixas que não inclui a citada “The Places We Go”, mas segue as tendências sonoras ali presentes: guitarras etéreas à cargo do “mago” Guthrie e os vocais frágeis de Gardener.

O inusitado nessa união é que pela primeira vez na carreira Guthrie tem uma voz masculina em suas composições, seus álbuns solo são todos instrumentais e, antes disso, teve as vozes de Liz Fraser (Cocteau Twins) e Siobhan de Maré (Violet Indiana).

As canções de Universal Road são de clima tranquilo, relaxante, tire a voz de Gardener e poderia ser um álbum solo de Guthrie, fazendo levantar alguns questionamentos em relação ao papel do vocalista do Ride no processo de composição.

Dá pra fazer uma espécie de divisão de momentos no álbum: faixas compostas por Guthrie e faixas compostas por Gardener. Em faixas “Dice” e “Yesterday’s News”, a sensação a circundar é de que voz está deslocada no contexto da canção, acontecendo o contrário em “Universal Road”, “Amnesia”, “Sometime” e “Triumphant”. São nelas que a parceria consegue sua melhor combinação ao misturar o lado acústico de Gardener com as guitarras atmosféricas de Guthrie. Essa irregularidade não desconstrói a beleza do disco e a atração pela inusitada parceria.

:: FAIXAS:
01. Universal Road (3:38)
02. Dice (4:26)
03. Amnesia (3:37)
04. Old Friend (3:40)
05. Yesterday’s News (3:13)
06. Cry for Survival (3:56)
07. Sometime (3:35)
08. Triumphant (3:04)
09. Reason (3:20)
10. Blind (3:54)

:: Ouça a canção “Universal Road”:

Anteriores THE AMAZING – Picture You (2015)
Próximo O BABADOOK (The Babadook, 2014)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado.