Posts in tag

bandas irlandesas


SEA PINKS – Rockpool Blue (2018)

Read More

GIRLS NAMES – Stains On Silence (2018)

Read More

THE ACADEMIC – Tales From The Backseat (2018)

Read More

“Irlandeses em mares confiantes de guitarras dedilhadas” “Watercourse” (2017), o trabalho anterior dos irlandeses do Sea Pinks, indicava um grupo destinado a seguir em frente. Um ano depois, “Rockpool Blue” não foge à regra. Apesar de um disco curto (28 minutos), mais um compêndio de boas faixas que fisgam o ouvinte do início ao fim. …

0 22

“Atirando para vários gêneros e abraçando várias influências importantes, irlandeses chegam ao quarto disco com méritos” “Stains On Silence”, quarto disco dos irlandeses do Girls Names, chega ao final gerando confusão no ouvinte. Típico álbum que não se concentra apenas numa sonoridade durante as faixas, gerando incerteza do que a banda tentou fazer. Mesmo numa …

0 45

“Muita energia e peso, mas a regularidade impede que estreia dos irlandeses brilhe o bastante” Ahh, o espírito juvenil, o rock’n’roll pulsante, a energia de um instrumental poderoso. Sonho de muitos garotos que desejam montar uma banda. Alguns nem querem fazer sucesso, outros desejam apenas a música como um hobby. Por vezes a garagem de …

0 193

“A quarentona U2 traz um disco mediano e abaixo da discografia geral” Ter fama pesa bastante. Mais do que ter um nome na mídia, estar ligado a eventos mundiais, ser referência pra geração nova, nunca deixar de aparecer em notícias, fazer parte de algo que em 40 anos nunca se rompeu, pode ser sua dor …

0 53

Um pouco mais de um ano e os irlandeses (de Belfast) do Sea Pinks chegam ao seu terceiro trabalho. ‘Soft Days’ havia saído em 2016 e revelado um pouco mais da banda ao mundo. ‘Watercourse’ segue a mesma cartilha: refrões grudentos, indie-rock ensolarado, herança 80’s/90’s e do pós-punk também, guitarras dedilhadas e sempre marcantes, baixo …

0 25

Isn’t Anything é um clássico e como tal, apesar das décadas, permanece intocado pelo tempo Minha obsessão por músicas com guitarras barulhentas se iniciou no início dos anos 90 com um punhado de discos que aos poucos foram se assentando na minha pequena mas adorada coleção de vinis: ‘Psychocandy’ (Jesus and Mary Chain), ‘Sister’ (Sonic …

0 58