GUNS, GORE & CANNOLI 2 (2018)


“A agilidade e a emoção dos clássicos jogos de fliperama contagiando até hoje”

Metal Slug foi um clássico jogo da empresa SNK que apareceu lá nos anos 90 e que nos fez gastar muitas fichas em fliperama. Viciante, fácil de aprender, ágil, cheio de cenas humoradas e com inúmeras versões que vieram em seguida. Para muitos um jogo no estilo ‘run and gun’ (atire em tudo que se aproxima, fique sempre em movimento pela tela). O jogo foi para os consoles, e até hoje é, um dos preferidos dos jogadores pelo mundo afora. Claro que com ele o tanto de cópias e de similares não iria parar logo.

“Guns, Gore & Canolli”, da Crazy Monkey Studios, chegou no final de 2015 com as mesmas características de Metal Slug, e caiu logo no gosto de crítica e público. O jogo acabou cativando tanto a geração de jogadores mais velhos quanto dos mais atuais pela ação frenética em meio ao humor, o colorido e o preço em relação à diversão que ele oferece. Nota-se que mesmo assim GGAC oferece momentos menos tensos e permite que o jogador pense melhor em suas ações e quais armas escolher (e são muitas), além de usar mais elementos do cenário que lhe ajudam como barris explosivos, chamas, escadas e lugares com ácido.

Em relação ao gráfico, o jogo segue também pelo tradicional 2D, porém os detalhes ao fundo são inúmeros. Explosões e efeitos são bem explorados e colaboram para o caos que o jogador se depara.

Guns, Gore & Cannoli 2 segue a linha do anterior. Entretanto, o personagem Vinnie agora está passando pela Segunda Guerra Mundial. Então espere mais inimigos como nazistas, além dos conhecidos mafiosos, zumbis e ratos do primeiro jogo.

A continuação vem com algumas mudanças, uma delas é poder atirar na diagonal e vertical, já que no primeiro o campo de tiro só englobava a linha horizontal da visão de Vinnie. Bem interessante, sobretudo para acabar com aquele inimigo que está no alto perturbando e que pode ser abatido logo. Outros elementos também inovam, como o uso de armas montadas (metralhadoras) pelos cenários. Agora o pulo é duplo, possibilitando melhor movimentação entre as plataformas.

Claro que tais inovações acabam confundindo o jogador que precisa se readaptar ao novo layout de botões, porém em torno de 15 a 20 minutos é possível entender o procedimento e seguir adiante. O jogo também recebeu mais armadilhas como barris que despencam e hélice de ventiladores gigantes que ajudam no combate aos inimigos.

Infelizmente o jogo continua curto. Resta ao jogador tentar outras dificuldades (4 no total) ou chamar os amigos para uma jogatina (online também). Também seria interessante se incluíssem outros modos de jogo para uma variação. Troféus e conquistas estão muito mais fáceis do que o primeiro jogo, a maioria das exigências compreende matar os inimigos. De qualquer forma, os precursores de Metal Slug continuam cativando, descomplicando e trazendo a emoção de jogar, sobretudo depois de um dia estressante.

:: NOTA: 8,0

:::

:: FICHA TÉCNICA:
Desenvolvedora: Crazy Monkey Studios, Claeysbrothers
Publicado por: Crazy Monkey Studios
Gênero: Ação, run and gun, shoot’em’up
Duração: 2 a 5 horas
Classificação: 16 anos
Preço: 39,90 (isso na PSN)
Plataformas: PS4 (versão testada), Xbox One, Nintendo Switch e PC
Mais informações: Guns, Gore And Cannoli 2

 

 

:::

:: Assista abaixo ao trailer:

Previous DEAD CAN DANCE :: Anuncia “Dionysus” sem Lisa Gerrard
Next 7 PERSONAGENS MARCANTES EM SÉRIES

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *